Apucarana

Três escolas da região têm segundo turno hoje  para escolher diretor

Da Redação ·
Na área do NRE de Apucarana, apenas a escola Prefeito Carlos Massareto promove segundo turno das eleições | Foto: Sérgio Rodrigo
Na área do NRE de Apucarana, apenas a escola Prefeito Carlos Massareto promove segundo turno das eleições | Foto: Sérgio Rodrigo

Trinta e nove escolas pertencentes à rede estadual de ensino realizam hoje segundo turno para eleição de diretores, em todo o Paraná. Nos Núcleos Regionais de Educação (NREs) de Apucarana e Ivaiporã, três instituições de ensino terão a votação novamente porque não atigiram quórum mínimo de 35%.

continua após publicidade

Em Apucarana o pleito será na Escola Estadual Prefeito Carlos Massaretto. A instituição que iniciou processo com 4 chapas, tem duas chapas inscritas, encabeçadas por Jaqueline Simone Kisner e Elaine de Souza Ferreira, que disputam a direção.

“De todas as 61 escolas de ensino regular do NRE de Apucarana apenas uma não alcançou o número suficiente de votos para que um candidato fosse eleito. Amanhã é o dia da consulta e reforço o chamamento para que as famílias e alunos maiores de 16 anos compareçam até as 22 horas para participarem do processo”, assinala a chefe do NRE de Apucarana, Maria Onide Ballan Sardinha.

continua após publicidade

A chefe do núcleo ressalta que o resultado só será validado se 35% das pessoas necessárias comparecerem hoje. Sem quórum ou em caso de possível empate entre os concorrentes, a secretária de Estado da Educação do Paraná deve nomear um encarregado a ocupar a direção até a realização de novo processo, em abril de 2016.

Em Ivaiporã, duas escolas também realizam segundo turno hoje, ambas com chapa única: Colégio do Campo Júlio Emerenciano, de São João do Ivaí, e Colégio Estadual José Martins, de Jardim Alegre.

MATRÍCULAS

continua após publicidade

Encerra hoje o prazo para matrícula de alunos do ensino fundamental que estão migrando da rede municipal (5º ano) para a rede estadual (6º ano). “É fundamental que os pais passem na escola para confirmar as matrículas dos filhos e também a matrícula de alunos que já estão na rede estadual, para não perderem a vaga”, destaca a chefe do NRE de Apucarana, Maria Onide Ballan Sardinha.

De acordo com ela, o processo de transferência de estudantes de colégios particulares para a rede pública está marcado para fevereiro do próximo ano.