Apucarana

Infectados por Aids podem ser até 5 vezes mais que o oficial

Da Redação ·
Em Apucarana, orientação e acolhida àqueles que foram diagnosticados com HIV é feito pelo Natta (Foto: Edson Denobi)
Em Apucarana, orientação e acolhida àqueles que foram diagnosticados com HIV é feito pelo Natta (Foto: Edson Denobi)

Cerca de 200 pessoas participaram nesta terça-feira (01/12) – Dia Mundial de Luta contra a Aids - da abertura da Campanha Apucarana na Corrida contra a Aids. Uma iniciativa da Autarquia Municipal de Saúde (AMS), através do Núcleo de Atenção, Testagem e Tratamento de Apucarana (Natta), as ações visam chamar a atenção da população para a doença, que continua fazendo muitas vítimas em todo o mundo.

continua após publicidade

Uniformizados e com cartazes de alerta, os participantes saíram em caminhada defronte ao prédio da Prefeitura de Apucarana e seguiram até a Praça Rui Barbosa, onde promoveram uma mobilização com panfletagem junto a transeuntes e condutores de veículos. Segundo a coordenadora do Natta, Elisabete Pereira, somente em Apucarana 285 adultos e quatro crianças entre seis meses e 13 anos de idade estão com a doença. Nos 15 municípios abrangidos pelo Natta, o número oficial de pessoas infectadas chega a 397. “Outro dado preocupante é o numero de pessoas que carregam o vírus e não sabem. Estudos estimam que para cada caso oficialmente notificado existam pelo menos outros 5 subnotificados. Estão transmitindo o HIV sem saber”, alertou Elisabete.

Várias pessoas estão deixando de se preocupar com a doença, o que faz com que os índices cresçam. “Ouvimos muitos relatos onde a pessoa diz que não usa preservativos nas relações sexuais e outras que após 30 dias de relacionamento já dizem ter confiança no parceiro e deixam de usar. O portador de HIV não traz na face a identificação, o caminho seguro é o uso do preservativo”, orienta a coordenadora do Natta.

continua após publicidade

Em Apucarana, orientação e acolhida àqueles que foram diagnosticados com HIV é feito pelo Natta, uma instituição mantida pela Prefeitura de Apucarana. O local realiza ainda testes gratuitos de detecção do vírus, que deve ser feito pelo menos 30 dias após a suposta exposição de risco. “Estamos à disposição para atender a livre demanda. A pessoa chega, faz gratuitamente testes para diversas doenças sexualmente transmissíveis e em minutos fazemos aconselhamento e entrega do resultado”, informa Elisabete.

Uma epidemia mundial que já dura mais de 30 anos, a Aids é o estágio mais avançado da doença que ataca o sistema imunológico. A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, como também é chamada, é causada pelo HIV. Como esse vírus ataca as células de defesa do corpo, o organismo fica mais vulnerável a diversas doenças, de um simples resfriado a infecções mais graves como tuberculose ou câncer. O próprio tratamento dessas doenças fica prejudicado. Serviço: O Natta fica localizado na Rua Dr. Munhoz da Rocha, 1.645 – centro – telefone (43) 3901-1066.