Apucarana

​Três servidores da Prefeitura de Apucarana são presos por suposto desvio de material elétrico; confira os nomes

Da Redação ·
Materiais elétricos desviados das obras de reforma do Lagoão foram apreendidos pela Polícia Civil:  três servidores públicos acabaram detidos - Foto: José Luiz Mendes
Materiais elétricos desviados das obras de reforma do Lagoão foram apreendidos pela Polícia Civil: três servidores públicos acabaram detidos - Foto: José Luiz Mendes

Policiais civis comandados pelo delegado-chefe da Décima Sétima Subdivisão Policial (SDP), José Aparecido Jacovós, prenderam, na noite desta segunda-feira (30), três funcionários públicos da Prefeitura de Apucarana que estariam desviando materiais elétrico da administração municipal utilizados na reforma do Ginásio de Esportes Lagoão (Complexo Esportivo José Antônio Basso).

continua após publicidade

Grande quantidade de material desviado foi apreendida
Foto: José Luiz Mendes

continua após publicidade


Conforme a Polícia Civil, foram presos encaminhados à Delegacia de Apucarana para os procedimentos legais José Mariano Alves, de 53 anos, Márcio Miranda Falcão, de 22, e Alex José de Oliveira, de 25. O primeiro era servidor da Prefeitura de Apucarana há 30 anos, enquanto os outros dois trabalhavam no poder público há pouco mais de um ano. Como não houve flagrante, eles foram liberados nesta terça-feira (1º), após prestarem depoimento. Os três respondem por peculato (crime cometido por servidores contra o patrimônio público). O delegado Jacovós formalizouy à Justiça um pedido de prisão preventiva dos três acusados. 

Leia mais nas edições digital e impressa de quarta-feira (2) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná