Facebook Img Logo
Mais lidas
Apucarana

Polícia Civil de Apucarana elucida latrocínio em menos de 24 horas

.

A Polícia Civil apreendeu nesta sexta-feira dois adolescentes envolvidos no homicídio do pastor e vigia noturno Sebastião de Oliveira, 57 anos, assassinado com dezenas de facadas na quinta-feira à tarde dentro da própria casa, no Jardim Santiago. A polícia informou que os menores, ambos de 15 anos, alegaram que a vítima teria tentado abusar deles.

O delegado José Aparecido Jacovós, chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP) disse que chegou até os suspeitos por meio de uma foto que estava dentro de uma carteira encontrada na cena do crime, junto com um celular. Investigadores iniciaram buscas pelos arredores do Jardim Santiago mostrando a foto aos moradores para identificar o suspeito. Eles receberam informação de que o rapaz da foto trabalhava como pedreiro e morava no Jardim Colonial.

“Localizamos o suspeito, que justificou o motivo de sua foto estar na cena do crime. Ele disse que seus enteados carregavam uma foto dele na carteira e disse que estava separado da mãe dos meninos”, comentou. Com endereço em mãos, policiais seguiram para a casa dos menores, a fim de confirmar a informação, e localizaram a mãe deles. O delegado disse que a mulher estava embriagada e acabou detida por desacatar os policiais. “Detemos a mãe por desacato e, na delegacia, ela disse que um dos filhos ficou fora de casa na quinta-feira e chegou apavorado no outro dia”, relata.

O menor foi localizado e confessou o crime. Segundo a polícia, ele alegou que a vítima vinha aliciando-o há algum tempo. De acordo com a polícia, Oliveira teria feito vários convites para o menor de 15 anos ir até sua casa jogar videogame e tomar cerveja. Na quinta-feira, dia do crime, o adolescente disse que Oliveira fez contato novamente para reforçar o convite e o adolescente aceitou e ainda perguntou se podia levar um amigo.

Na casa da vítima, houve uma altercação e os dois atacaram Oliveira. Segundo a polícia, ele sofreu cerca de 30 perfurações. Os adolescentes fugiram do local levando o carro de Oliveira, um Peugeot e, segundo familiares, nada foi levado do interior do imóvel. Durante a fuga, eles colidiram com uma árvore, no bairro recanto do Lago, onde abandonaram o carro. Os adolescentes permanecem detidos e devem ser encaminhados à um Centro de Socioeducação (Cense).


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber