Apucarana

Parque Biguaçu recebe mutirão de limpeza

Da Redação ·
A pedido do prefeito Beto Preto, a empreitada vem sendo supervisionada pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Foto: Edson Denobi)
A pedido do prefeito Beto Preto, a empreitada vem sendo supervisionada pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Foto: Edson Denobi)

Depois de concluir trabalhos de roçagem e limpeza geral do Parque Municipal Jaboti, a empresa curitibana Construtora Tecnirama Eirelli EPP, vencedora de uma licitação para prestação de serviços ao município, deve concluir até esta sexta-feira (20/11) ações junto ao Parque Biguaçu. A pedido do prefeito Beto Preto, a empreitada vem sendo supervisionada pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos. “Com o clima propício, muita chuva e calor, a vegetação cresceu bastante no Biguaçu e agora com esta intervenção o local ficará novamente atrativo aos visitantes”, destaca Paulo Reis, diretor da Secretaria de Serviços Públicos.

continua após publicidade

Ele lembra que a empresa terceirizada foi contratada para um período de 12 meses. O investimento é de R$440 mil e prevê a realização de roçagem de 5 milhões de metros quadrados de área. A vigência do contrato e até o dia 6 de outubro de 2016.

Terrenos particulares – A Secretaria de Serviços Públicos da Prefeitura de Apucarana alerta proprietários de lotes vazios sobre a necessidade de manutenção da limpeza. “O Município vem fazendo sua parte, procurando deixar em ordem os logradouros públicos e solicita aos contribuintes zelo para com suas propriedades, sob pena do serviço ser realizado e a cobrança lançada ao proprietário”, comenta Paulo Reis, diretor de Serviços Públicos. Ele frisa que dentro de 15 dias os serviços terceirizados em lotes sujos serão feitos, com destaque aos Residenciais Araucária, Interlagos e Villagio Di Roma.

continua após publicidade

Os valores previstos para cobrança são os seguintes: limpeza e roçagem: R$1,15 o metro quadrado; recolhimento de entulhos: R$80 por viagem de caminhão; serviços de pá-carregadeira: R$170 a hora trabalhada. Além da cobrança pelos serviços serão aplicadas multas previstas na Lei Municipal nº 90/1994.