Apucarana

Grupos Conviver do CRAS IV participam de confraternização

Da Redação ·
Evento festivo é promovido com o objetivo de fortalecer vínculos entre as integrantes dos grupos da terceira idade (Fotos - Edson Denobi)
Evento festivo é promovido com o objetivo de fortalecer vínculos entre as integrantes dos grupos da terceira idade (Fotos - Edson Denobi)

Os 14 Grupos Conviver da área de abrangência do Centro de Referência da Assistência Social IV (CRAS IV), da Vila Regina, participaram hoje de uma tarde de confraternização no Espaço Festa. O evento festivo, também promovido com o objetivo de fortalecer vínculos entre as integrantes dos grupos da terceira idade, foi marcado por música, dança, lanche, sorteio de brindes e exposição de produtos artesanais que produzem nas reuniões semanais.

continua após publicidade

“Durante todo o ano, os CRAS desenvolvem atividades como essa, de fortalecimento de vínculo com a terceira idade. Hoje o CRAS IV, coordenado por Paulo Augusto da Fonseca, está finalizando as atividades com seus 14 Grupos Conviver, promovendo esta festa”, afirma a Secretaria de Assistência Social, Márcia Regina de Sousa. O grupo de técnicos do CRAS IV trabalha questões como orientação sobre benefícios, saúde e convivência na terceira idade. “O objetivo é fazer com que as participantes tenham uma motivação diferente de vida. Todo objetivo das atividades realizadas é melhoria da qualidade de vida. Esse também é um dos objetivos do nosso gestor, prefeito Beto Preto, que é garantir que todas as atividades realmente alcancem a terceira idade”, complementa Márcia. 

Apucarana conta hoje com 43 Grupos Conviver, reunindo mais de 1,2 mil integrantes dos bairros e distritos do município. O encerramento anual das atividades está programado para acontecer na primeira quinzena de dezembro, num grande evento organizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social. Os Grupos Conviver atendem pessoas com idade a partir de 60 anos. Os encontros acontecem semanalmente nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), centros comunitários e paróquias, quando são realizadas atividades manuais como pintura, bordado, macramê, crochês, sob a coordenação de profissionais e oficineiros.