Apucarana

​Greve dos caminhoneiros entra no 2ºdia e divide opiniões em Apucarana

Da Redação ·

Balanço divulgado pelas polícias rodoviárias Estadual (PRE) e Federal (PRF) na tarde desta terça-feira (10) mostra que os caminhoneiros já desocuparam algumas rodovias da região de Norte do Paraná, como em pontos da BR-369 em Cambé e Arapongas, e da PR-445 entre Londrina e Cambé, que ficaram bloqueados por algumas horas pela manhã.  A greve dos caminhoneiros ainda divide opiniões e gera expectativa sobre desabastecimento de alguns produtos. Lideranças dos caminhoneiros em postos de bloqueio afirmam que ainda não há uma previsão para fim da greve. 

continua após publicidade

Foto: José Luiz Mendes

continua após publicidade


Conforme a PRF, os caminhoneiros fazem manifestação nos quilômetros 245 (Apucarana), 133 (Nova Esperança) e 111 (Paranavaí) da BR-376; no km 80 da BR-369, em Cornélio Procópio (Norte); no km 358 da BR-476, em União da Vitoria (Sul); no km 258 da BR-280, em Marmeleiro (Sudoeste); e no km 111 da BR-153, em Ibaiti (Norte). Na madrugada desta terça-feira, foram destruídas por suposto incêndio criminoso no pátio de um posto de combustível.  

Foto: Delair Garcia

continua após publicidade

Em Apucarana, há uma certa apreensão relacionada ao desbastecimento de combustíveis e gás de cozinha. O TNONLINE foi as ruas da cidade nesta terça-feira para ouvir algumas opiniões sobre a greve dos caminhoneiros, que pode acabar amanhã, dependendo de uma decisão judicial.