Mais lidas
Apucarana

​Catequizandos visitam pediatria e fazem entrega de brinquedos

.

​Catequizandos visitam pediatria e  fazem entrega de brinquedos a pacientes
​Catequizandos visitam pediatria e fazem entrega de brinquedos a pacientes

Os pacientes da pediatria do Hospital da Providência Materno Infantil receberam a visita de catequizandos, que conversaram, ouviram as histórias das crianças internadas e fizeram entrega de presentes.  A turma estava acompanhada das catequistas Maria Mercedes Guilherme e Cristiana Stocco, que incentivaram os catequizandos a economizar e escolher um presente para os pacientes internados no Hospital. 

‘‘O objetivo da visita foi viver uma pequena experiência da Campanha da Fraternidade deste ano. Eles guardaram dinheiro e foram pessoalmente escolher um brinquedo que atendesse às necessidades das crianças’’, explicou Mercedes, catequista da Catedral Nossa Senhora de Lourdes         

A visita foi rápida e o resultado foi de muitos sorrisos, gratidão e alegria compartilhada.  ‘‘Queríamos levar alegria e mesmo [a visita] breve fez eles se sentirem importantes e querendo voltar’’, destacou a catequista.        

Ainda segundo Mercedes a vocação das Irmãs Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, que dirigem e atuam em diversos setores do Hospital da Providência Materno Infantil, foi outro tema trabalhado com os catequizandos.

‘‘Explicamos os valores católicos, o exemplo das Irmãs em cuidar do próximo, a missão da Igreja.’’ A iniciativa foi considerada transformadora para Irmã Geovana, diretora da instituição que se mostrou grata com a ação. “O gesto realizado pelos catequizandos demonstra que a missão de Jesus Cristo continua sendo realizada através da evangelização dos catequistas. Que esse gesto de amor que transformou o dia de nossos pequenos pacientes seja retribuído em graças e bênçãos”, ressaltou.  

Para Mercedes além dos pacientes que ganharam um momento de distração e otimismo, quem fez a visita saiu do Hospital com uma boa recordação. ‘‘Talvez as crianças pequenas que nos receberam não vão se lembrar, mas eles (catequizandos) vão guardar isso pra sempre, levar isso para as famílias e Deus nunca esquece. Gente precisa de gente’’.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber