Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Mitra de Apucarana assume Parque Santo Expedito

.

Mitra de Apucarana assume Parque Santo Expedito - Foto: Divulgação
Mitra de Apucarana assume Parque Santo Expedito - Foto: Divulgação

Um ano após receber autorização para administrar o Parque Ecorreligioso da Redenção, a Mitra Diocesana de Apucarana recebeu oficialmente da prefeitura concessão de uso do Parque Ecológico Santo Expedito. Os direitos para administração dos espaços públicos foram aprovados pelos vereadores e têm vigência inicial de cinco anos, prorrogável por igual prazo mediante consenso entre as partes. 

Em ato realizado nesta sexta-feira (23/10), no gabinete municipal, o prefeito Beto Preto repassou cópia da Lei Municipal nº 122/2015 ao padre Domingos Sávio Lazarin, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, que desde a inauguração do parque, há 12 anos, realiza atividades no local em parceria com o município. “No ano passado fizemos este mesmo termo com o Parque da Redenção e agora com o Santo Expedito, o que na nossa visão contribui muito para o desenvolvimento destas áreas. Esta é uma tendência e o nosso objetivo, o de promover o ecumenismo e a liberdade religiosa, sempre com muito respeito a todos, e que espaços temáticos como estes passem a ser cuidados por suas comunidades afins. Ficando a prefeitura responsável por suas principais missões, que são investimentos nas escolas, nos postos de saúde, no bem estar do cidadão”, disse o prefeito Beto Preto.

Com a legalização do uso, a Mitra Diocesana, através da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, poderá realizar obras de revitalização e outras melhorias da área, além de dispor de estacionamento para o santuário. “Há no local a construção de uma igreja, que deve estar pronta já no próximo ano, e tenho a certeza de com este ato de concessão a paróquia vai realizar em 2016 uma festa nacional de Santo Expedito ainda mais especial”, concluiu o prefeito Beto Preto, destacando padre Sávio como uma grande liderança católica na cidade.

Ao receber cópia da lei, o pároco agradeceu o ato da prefeitura e lembrou que a paróquia sempre esteve a frente de ações no Parque Ecológico Santo Expedito. “São 12 anos de parceria, contudo, com esta autorização passamos a ter uma liberdade de ação e uma responsabilidade ainda maior”, comentou o religioso.

Ele acredita que com a “posse” do parque deve crescer ainda mais a participação dos fiéis. “À medida que a comunidade se sente “proprietária”, certamente deve aumentar o seu interesse em estar envolvida na busca de meios de manter e promover ainda mais melhorias na área”, diz padre Sávio. De acordo com ele, além da conclusão da igreja de “Santo Expedito”, novos projetos para o local devem ser anunciados ao longo do próximo ano.

Pelos termos da lei de concessão, a prefeitura continuará responsável pela manutenção geral do parque com roçagem, limpeza, pinturas, iluminação e demais obras necessárias. Em contrapartida, toda obra realizada pela Mitra durante o período de concessão fica automaticamente incorporada ao parque, sem nenhum ônus futuro ao município.

O Parque – Criado no ano de 2004, o Parque Ecológico Santo Expedito teve origem a partir de um projeto de recuperação e preservação da nascente do Córrego Jaboti. Desde então, além de festa nacional realizada anualmente todos os meses de abril, todos os dias 19, fiéis de Apucarana e região participam de Santa Missa – realizada ao ar livre - em homenagem ao Santo. Nos demais dias da semana também é grande o número de devotos que passam pelo local para orações, pedidos e agradecimentos.

Face à grande erosão que existia no local, originalmente o parque é um exemplo de recuperação do meio ambiente. Hoje o parque oferece campo de futebol de areia, praça, parque infantil, anfiteatro e arquibancadas ao ar livre, capela ecumênica, portal/cenário, palco, gruta com a imagem de Santo Expedito, mirante com a imagem de Jesus Cristo, estacionamento, muros de arrimo, piscinas de águas naturais, bancos, mirantes, calçamento, iluminação, drenagem e canalização. A paróquia local também reúne esforços entre os fiéis para construção de um santuário

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber