Apucarana

​Polícia identifica trio suspeito de incendiar capela

Da Redação ·
​Vândalos atearam fogo em capela no Parque Santo Expedito em Apucarana - Foto: José Luiz Mendes
​Vândalos atearam fogo em capela no Parque Santo Expedito em Apucarana - Foto: José Luiz Mendes

A prisão de dois jovens por porte de drogas pela PM, no início da madrugada de ontem (20), culminou na identificação de três suspeitos de incendiar a capela do Parque Santo Expedito no início do mês, em Apucarana. 

continua após publicidade


Faixas e objetos deixados pelos visitantes foram queimados. Um jovem de 19 anos e uma menina de 12 anos foram abordados por uma equipe da PM, na Rua Ponta Grossa, com uma porção de maconha e levados para delegacia. 

De acordo com a Polícia Civil, testemunhas afirmaram que o casal frequenta o parque e que estava no local no dia da depredação juntamente com outro rapaz. Um jovem, de 19 anos, que segundo a polícia teve participação direta, também foi preso sob suspeita de profanação de templo religioso.

“É um caso de profanação de templo religioso e a Polícia Civil tinha obrigação de solucionar.”, assinala o delegado José Aparecido Jacovós, chefe da 17ª SDP. Os três confirmam que estiveram no local, mas negam o ato de vandalismo.