Mais lidas
Apucarana

Moradores fecham a Avenida Minas Gerais em protesto

.

Dezenas de moradores da região da Vila Nova fecharam nesta quarta-feira à noite a Avenida Minas Gerais, no cruzamento com a Rua Grande Alexandre, em Apucarana. O protesto ocorreu entre as 18h30 e 19h30 com o objetivo de chamar atenção para os riscos de acidentes naquele ponto. Foram duas mortes recentes de motociclistas no local. A última vítima foi o apucaranense Antônio Carlos de Souza, 22 anos, que perdeu a vida após ser atingido por um veículo no sábado passado.

Foto: José Luiz Mendes


Tayron da Costa Gomes, um dos organizadores da manifestação, afirma que a mobilização visa pedir intervenções imediatas no local. “Faz muitos anos que esse cruzamento representa um perigo e nada é feito. Já ocorreram muitos acidentes e várias pessoas já perderam a vida aqui. Estamos indignados”, assinala Tayron, que também se acidentou no local. “Eu sou uma vítima desse cruzamento”, pontua, pedindo pressa nas melhorias. “A Prefeitura prometeu agora fazer alguma coisa, mas isso é urgente. Caso contrário, hoje mesmo  ou amanhã  podem ter novas vítimas”, assinala o manifestante.  A mãe de Tayron, Vera Lúcia da Costa, chama de descaso a falta de intervenções no local. “Algo precisa ser feito nesse cruzamento, porque, caso contrário, mais vidas serão ceifadas”, assinala Vera Lúcia.



INTERVENÇÕES - A Prefeitura de Apucarana anunciou nesta semana mudanças no trânsito naquela região da cidade para tentar reduzir o número de colisões e garantir maior segurança aos motoristas e motociclistas. Um semáforo será instalado no cruzamento da Avenida Minas Gerais com a Rua Grande Alexandre, na altura do Posto Vila Nova. A Rua Grande Alexandre terá ainda mão única no sentido da Faculdade Apucarana (FAP) para a Avenida Minas Gerais. A mão única também será implementada na Rua Osvaldo de Oliveira no sentido da Avenida Minas Gerais até a instituição de ensino superior.

Leia a edição de quinta-feira (8) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber