Mais lidas
Apucarana

Greve dos bancários continua em Apucarana e região

.

 Apenas setor de caixas eletrônicos continua aberto ao público | Foto: Delair Garcia
Apenas setor de caixas eletrônicos continua aberto ao público | Foto: Delair Garcia

O segundo dia de greve dos bancários prossegue com agências fechadas em quatro municípios da região. Todos os bancos de Apucarana, Arapongas, Ivaiporã e Jandaia do Sul amanheceram novamente com as portas fechadas e continuam assim durante todo o dia. Algumas agências registraram filas além do normal nos caixas eletrônicos. 

Em Apucarana foram 11 agências fechadas. Em Arapongas foram 12. Ivaiporã e Jandaia do Sul tiveram, respectivamente, quatro e cinco agências fechadas. Os números são do Sindicato dos Bancários de Apucarana e Região. “O primeiro dia foi tranquilo, sem nenhum problema. Os caixas eletrônicos funcionaram normalmente. Para amanhã [hoje], as cidades que já fecharam as agências vão continuar com a paralisação. Nós ainda iremos avaliar a possibilidade de expandir a greve para outras cidades da região”, afirma o diretor do sindicato, Antônio Pereira da Silva.

PROPOSTAS - A proposta da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), recusada nas assembleias em todo o país no dia 1º desse mês, foi de 5,5% de reajuste sobre os salários, abaixo da inflação do período, que foi de 9,88%. O pedido dos funcionários é de 16%. Líderes sindicais lembram ainda que as reivindicações incluem mais estabilidade nos empregos, mais segurança e jornadas de trabalho menos exaustivas. Outros pontos da negociação abrangem piso salarial, participação nos lucros, vales alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio-creche/babá, entre outros. Também não houve consenso nesses tópicos. No ano passado, os bancários ficaram quase um mês com os serviços paralisados na região, entre setembro e outubro. Este é o 11º ano consecutivo de paralisação dos bancos.




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber