Apucarana

JEP’s bate recorde de participantes em Apucarana 

Da Redação ·
Balanço dos JEP's foi divulgado nesta sexta-feira ​Foto: Divulgação
Balanço dos JEP's foi divulgado nesta sexta-feira ​Foto: Divulgação

A fase final “A” dos 62º Jogos Escolares do Paraná (JEP’s) reuniu delegações de 495 escolas públicas e 145 particulares de 214 municípios, totalizando 5.742 atletas. O número de participantes foi recorde, batendo a edição passada dos jogos, que havia reunido cerca de 5.400 atletas. O balanço foi divulgado nesta sexta-feira (25/09) pelo secretário estadual de Esportes e Turismo, Douglas Fabrício, e pelo prefeito de Apucarana, Beto Preto, em entrevista coletiva concedida à imprensa no gabinete municipal.

Também participaram da coletiva Márcia Tomadon, coordenadora-geral dos 62º JEP’s, a professora Maria Onide Balan Sardinha, chefe do Núcleo Regional de Educação (NRE), Robson Antônio Desidera, coordenador de esportes do NRE, e Paulo Aparecido Kisner (Paulão), secretário municipal de Esportes e Lazer. Beto Preto destaca que Apucarana, que já havia sediado a final “B”, trouxe as finais da categoria “A” e já obteve a confirmação de que será a sede das finais da divisão “B” dos Jogos Abertos do Paraná (JAP’s), na edição de 2016. “Apucarana voltou ao cenário esportivo do Paraná e queremos mais. Entregamos ao secretário Douglas Fabrício ofício com o pedido para que Apucarana sedie o macrorregional do Bom de Bola e as fases finais A e B da competição em 2016”, reforça Beto Preto.

Ao receber os pedidos, o secretário estadual de Esportes e Turismo assumiu o compromisso de realizar um grande evento esportivo em Apucarana em 2016. “Sabemos que este é um ano de dificuldades no Brasil e, neste cenário, muitas vezes o esporte é o primeiro a sofrer impactos, deixando de ser prioridade. Apucarana, pelo contrário, nos recebeu de braços abertos e realizou duas finais desta natureza. Vamos continuar investindo em quem acredita no esporte. Estamos assumindo o compromisso de realizar um grande evento esportivo em Apucarana em 2016, que poderá ser o Bom de Bola”, frisa Douglas Fabrício.

O secretário também anunciou que Apucarana foi contemplada com o Programa Segundo Tempo (PST), desenvolvido pelo governo do Estado. “O programa está sendo levado para 52 municípios paranaenses, com investimentos de mais de R$ 5 milhões, e prevê treinamentos em três modalidades esportivas”, informa. Em Apucarana, as modalidades oferecidas serão o atletismo, taekwondo e handebol. Doublas Fabrício também lembrou que os campeões de cada modalidade nos JEP’s representarão o Paraná na final nacional dos jogos escolares, que será disputada em novembro, em Londrina.

continua após publicidade

Balanço dos JEP's foi divulgado nesta sexta-feira
Foto: Divulgação

continua após publicidade


“O governo do Estado desenvolve o Talento Olímpico do Paraná (TOP), em parceria com a Copel. Os atletas que possuem talento são identificados em competições como os jogos escolares e recebem bolsas”, explica. Recentemente, a seleção paranaense participou do nacional categoria “B” dos jogos escolares, em Fortaleza. “Ao todo, 158 atletas representaram o Paraná. Das 55 medalhas que foram conquistadas, 51 eram de bolsistas”, exemplifica Douglas Fabrício. A coordenadora geral dos 62º JEP’s, Márcia Tomadon, ressalta a participação dos cerca de mil atletas portadores de necessidades especiais. “Talvez os nossos jogos são o único do País que reúne atletas regulares e especiais, disputando as provas nos mesmos horários. É um incentivo a mais para os regulares, pois enxergam que os especiais também gostam e praticam esportes”, avalia Tomadon, informando que os jogos escolares da categoria “A” foram disputados em 18 modalidades esportivas por estudantes com idades entre 15 e 17 anos.

COMPLEXO ESPORTIVO -  O prefeito de Apucarana também anunciou a terceira etapa de melhorias no Complexo Esportivo Lagoão. “Já investimos cerca de R$ 1 milhão, com recursos próprios e do governo federal, fazendo uma série de melhorias na parte interna, troca da cobertura e colocando em funcionamento a piscina. Com a definição de Apucarana como sede da final “A”, aumentou a nossa responsabilidade e aceleramos os trabalhos que vinham sendo realizados num ritmo mais lento”, pontua. O próximo passo, conforme Beto Preto, será a modernização do ginásio poliesportivo do complexo, ampliando a prevenção de incêndios, levando mais conforto e promovendo maior acessibilidade.

AMBIENTE CONFORTÁVEL - “Pensamos em um ambiente mais confortável, com a colocação de cadeiras, nem que para isso seja necessário diminuir pela metade a capacidade, que atualmente é de 4.500 pessoas”, planeja. Beto Preto também anunciou a transferência da estrutura da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, que atualmente funciona junto ao Centro da Juventude. “Até o final do ano, a sede administrativa voltará a funcionar no Lagoão, para que ocorra uma boa gestão do uso da quadra, da piscina e da pista de atletismo, além do desenvolvimento de programas de treinamento neste espaço”, assinala.