Apucarana

Secretaria da Mulher realiza ação de sensibilização na GM

Da Redação ·
Secretaria da Mulher realiza ação de sensibilização na GM - Foto: Divulgação
Secretaria da Mulher realiza ação de sensibilização na GM - Foto: Divulgação

Os 30 integrantes da Guarda Municipal de Apucarana (GMA) estão recebendo capacitação técnica, uma ação que atende o disposto no Estatuto Nacional das Guardas Municipais (Lei 13.022/2014), que entrou em vigor no ano passado. 

A capacitação, de 476 horas, iniciada em junho e encerramento no final deste mês, é coordenada e executada pela empresa Padrão Consultoria e Treinamento em Segurança, que abriu espaço para participação da Secretaria da Mulher e Assuntos da Família (SEMAF). Durante dois dias, a equipe da secretaria ofereceu aos agentes oito horas formação dentro do projeto Mulher Segura e Protegida, abordando temas como a “Construção Sócio, Histórica e Cultural do Ser Mulher e do Ser  Homem”, “Desigualdades entre Homens e Mulheres”  e “Enfrentamento da Violência Doméstica”.

“Solicitamos ao comando da Guarda Municipal para participar da capacitação que a corporação vem recebendo, colaborando com informações para o enfrentamento da Violência contra a Mulher. Os serviços da secretaria foram apresentados pela secretária da pasta, Denise Canesin, e as aulas ministradas pelas assistentes sociais, Patrícia de Oliveira Vecchi e Simone Sartori dos Santos. 

continua após publicidade

Os 30 integrantes da Guarda Municipal de Apucarana (GMA)
estão recebendo capacitação técnica - Foto: Divulgação

continua após publicidade




Os 30 agentes da GM, entre os quais duas mulheres, participaram das atividades que se dividiram entre dinâmicas, apresentação de vídeos, debates e apresentação de palestras. Foram esclarecidas diversas dúvidas quanto os direitos das mulheres, Lei Maria da Penha,  Patrulha Maria da Penha e principalmente, quando se trata da mulher estar em situação de violência.

META - O objetivo desta ação da SEMAF foi de aproximação dos serviços que colaboram com a proteção da mulher, especialmente a Guarda Municipal, esclarecendo as competências e as atribuições do Centro de Atendimento a Mulher (CAM) como um organismo de proteção dos direitos das mulheres. “Também foi uma oportunidade para compreendermos como é o cotidiano de trabalho dos agentes da Guarda Municipal nas situações de violências cometidas contra as mulheres”, observou a secretária Denise Machado.