Apucarana

Cine Fênix recebe exposição de figurinos do Teatro Guaíra

Da Redação ·
O Cine Teatro Fênix sedia até o próximo dia 30, a Exposição de Figurinos de Balé e Ópera pertencente ao acervo do Centro Cultural do Teatro Guaíra - Foto: Divulgação
O Cine Teatro Fênix sedia até o próximo dia 30, a Exposição de Figurinos de Balé e Ópera pertencente ao acervo do Centro Cultural do Teatro Guaíra - Foto: Divulgação

O Cine Teatro Fênix sedia até o próximo dia 30, a Exposição de Figurinos de Balé e Ópera pertencente ao acervo do Centro Cultural do Teatro Guaíra. A iniciativa tem o objetivo dar oportunidade às cidades do interior do estado ter acesso a indumentárias (roupas) de peças teatrais famosas e históricas, como o balé “O Grande Circo Místico”, de 1983.

continua após publicidade

“Os manequins com os figurinos receberam iluminação especial 
e estão sobre tablados”, detalha diretor da Secretaria de 
Promoção Artística, Cultural e Turística (Promatur), Orisvaldo Cesar
Foto: Divulgação

continua após publicidade



“São figurinos muito bonitos, bordados, ricos em detalhes”, observa a secretária da Promoção Artística, Cultural e Turística (Promatur), Maria Agar, lembrando que Apucarana é a segunda cidade a receber a exposição. A primeira foi Londrina. A montagem da exposição, composta de 20 peças exibidas em manequins, trouxe para Apucarana o representante do departamento de produção artística do Centro Cultural do Teatro Guaíra, Aldice Lopes.


O trabalho foi realizado no sábado à tarde e contou com a participação de alunos do curso de moda da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), que tiveram a oportunidade de receber uma aula prática enquanto ajudavam a preparar a exposição. A exposição, com entrada gratuita, começou na última segunda-feira (14) e segue até dia 30, aberta ao público entre 8 e 18 horas.

continua após publicidade


INDUMENTÁRIAS - Estão expostas indumentárias dos balés “O Grande Circo Místico”, com figurinos da famosa carnavalesca Rosa Magalhães; “Romeu e Julieta”, de 2008; “La Boheme”, “A Viúva Alegre” e “Dom Quixote”, de 1992, além da ópera “Coppeluis O Magno”, de 1996. “Os manequins com os figurinos receberam iluminação especial e estão sobre tablados”, detalha diretor da Secretaria de Promoção Artística, Cultural e Turística (Promatur), Orisvaldo Cesar.