Apucarana

​Mais um júri é realizado em Apucarana

Da Redação ·
​Mais um júri popular é realizado em Apucarana - Foto: José Luiz Mendes
​Mais um júri popular é realizado em Apucarana - Foto: José Luiz Mendes

O Tribunal do Júri se reuniu novamente nesta quinta-feira (3), no Fórum Desembargador Clotário de Macedo Portugal, na Comarca de Apucarana, para julgar Rodrigo de Oliveira Costa, conhecido ainda como "Gordinho" ou Bolinha", de 20 anos.   

De acordo com denúncia oferecida pelo Ministério Público (MP), Rodrigo é acusado de tentar matar com golpes de foice Cléverton Willian dos Santos, de 20 anos, além de agredir a vítima com chutes no rosto. Cléverton se recuperou das lesões e foi arrolado pelo MP como testemunha. 

continua após publicidade

Foto: José Luiz Mendes


O crime aconteceu às 12h15 do dia 5 de dezembro de 2013, na Avenida Aviação, no Jardim Trabalhista, na zona leste de Apucarana. Rodrigo alega que ficou nervoso porque pouco antes a vítima de tentativa de assassinato teria se desentendido com seu pai, Dirceu Bernardo Costa. 

continua após publicidade


TESTEMUNHAS/MP - Além da própria vítima, outras seis testemunhas foram arroladas pela Promotoria de Justiça. O júri popular é presidido pelo juiz Oswaldo Soares Neto. Na acusação trabalha o promotor Eduardo Augusto Cabrini e na defesa atua o advogado Danilo Freire.