Apucarana

Apucarana realiza Justiça no Bairro dia 18 de setembro

Da Redação ·
Apucarana realiza Justiça no Bairro dia 18 de setembro - Foto - Arquivo
Apucarana realiza Justiça no Bairro dia 18 de setembro - Foto - Arquivo

O poder judiciário e a prefeitura de Apucarana realizam no dia 18 de setembro, na Escola Municipal Karel Kober, localizada no Jardim Ponta Grossa, mais uma edição do Programa Justiça no Bairro. O evento vai acontecer entre 9 e 17 horas e atenderá à população vulnerável economicamente, proporcionando a conciliação à demanda reprimida na área consensual, com a presença das partes envolvidas, com a imediata solução para moradores de Apucarana e região.

Os atendimentos serão nas áreas de Família com Divórcio, Alimentos, Guarda e Responsabilidade, Reconhecimento de Paternidade e de Maternidade, Reconhecimento e Dissolução de União Estável; na de Registros Públicos com ações de Retificação de Registro Civil e Interdição, além do exame de DNA. Todos os serviços são gratuitos, com exceção do exame pericial de DNA, cujo valor é de R$ 220, pagos no momento da coleta. O atendimento será organizado por senhas que serão entregues a partir das 8 horas com início dos atendimentos às 9 horas.

A desembargadora do Tribunal de Justiça do Paraná, Joeci Camargo, se reuniu ontem (1) com o prefeito Beto Preto e a secretária da Assistência Social para tratar de uma nova edição do programa “Justiça do Bairro”. O prefeito Beto Preto destaca que a proposta do Justiça no Bairro está afinada com os objetivos prioritários da atual administração, que é atender a população vulnerável economicamente, assegurando uma rede de serviços capaz de aproximar essa população do exercício da cidadania. “Diversos serviços gratuitos estarão à disposição da população nestes dois dias”, informa o prefeito.

continua após publicidade

Foto - Divulgção

A organização do evento salienta a importância dos participantes levarem comprovante de renda já que alguns serviços somente serão disponibilizados para a população com renda máxima de até três salários mínimos, comprovante de endereço e documentação pessoal que é específica para cada serviço pretendido. Para informações sobre a documentação os interessados devem entrar em contato com a Secretaria de Ação Social pelo telefone 3425-1511.

Casamento coletivo

continua após publicidade

Como já é tradição, na edição 2015 do Justiça no Bairro não faltará o casamento coletivo. A cerimônia, restrita para casais de Apucarana, será no dia 20 de novembro numa iniciativa do poder judiciário, a prefeitura e cartórios de registro civil. O evento também é voltado à população vulnerável economicamente.

Os interessados devem se inscrever no CRAS mais próximo até o dia 20 de outubro. Para a inscrição é necessária a apresentação original da carteira de identidade, CPF, certidão de nascimento ou casamento com averbação do divórcio (atualizada de 30 dias), comprovante de renda de até três salários mínimos por pessoa e comprovante de endereço.