Apucarana

Mais uma etapa de viaduto em Apucarana será concluída

Da Redação ·
Obra de construção de um viaduto no contorno de Apucarna - Fotos: Jorge Woll-SEIL/DER
Obra de construção de um viaduto no contorno de Apucarna - Fotos: Jorge Woll-SEIL/DER

Mais uma etapa das obras do viaduto de Apucarana, que integra a duplicação da Rodovia do Café (BR-376), deve ser concluída até o final de setembro, conforme avaliação de técnicos e autoridades governamentais. As equipes trabalham na colocação da armação e após a conclusão deste trabalho será feita a concretagem do viaduto, que tem 80 metros de extensão. “Esta é uma obra importante para a região, que integra a duplicação da BR-376, eliminando um gargalo rodoviário onde era comum acontecer acidentes”, explica o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), Nelson Leal Junior. 

A obra é uma parceria do Governo do Paraná e da concessionária Rodonorte e prevê a duplicação de 231 quilômetros. O investimento total no projeto será de R$ 1 bilhão. A conclusão dos serviços de armação permitirá finalizar a base do viaduto, que também está ganhando blocos de concreto para formar a pista de travessia. Depois desta etapa será possível fazer as alças de acesso.

continua após publicidade


As equipes trabalham na parte superior da obra, mas os motoristas precisam ficar atentos à sinalização e ao tráfego de veículos pesados pelo local. Além das obras em Apucarana, a duplicação da BR-376 tem outra frente de trabalho na região de Ponta Grossa. Entre o quilômetro 465 e a praça de pedágio de Tibagi, a terraplanagem está na fase final e alguns pontos recebem as primeiras camadas do novo pavimento. Funcionários também trabalham na região de Ortigueira, onde uma parceria como grupo Klabin, permitirá a construção de uma intersecção da rodovia estadual com a BR-376. Um viaduto será construído para melhorar o trânsito de caminhões na região. 

continua após publicidade



EM TODO O ESTADO – O Paraná tem o maior programa de duplicações de rodovias dos últimos 25 anos. O programa tem 699,2 quilômetros de rodovias em obras, prontas e em projeto. Estão sendo investidos R$ 1,8 bilhão. A previsão é que mais R$ 2,4 bilhões sejam aplicados em novas obras. Já foram entregues a duplicação de 14 quilômetros entre Matelândia e Medianeira (BR-277); o contorno de Campo Largo (BR-277), com 11 quilômetros de pistas duplicadas; a duplicação da BR-277, entre Guarapuava e a região de Relógio (6,5 km); e o contorno de Mandaguari (11 km), e o viaduto da Avenida Paraná, em Foz do Iguaçu. 

Estão em andamento as duplicações do perímetro urbano em Matelândia; da Rodovia do Café, entre Ponta Grossa e Apucarana (231 km); da PR-407, em Paranaguá, sentido Praia de Leste (3,5 km); da PR-415, entre Curitiba e Piraquara (14 km), da PR-445, em Londrina (22,5 km, dos quais 12 km já concluídos); e a Rodovia da Uva, entre Curitiba e Colombo (6,5km).

Fonte: Agência Estadual de Notícias