Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

VAL pede reajuste de 10% na tarifa do transporte coletivo

.

Apucarana: VAL pede reajuste de 10% na tarifa do transporte coletivo - Foto: TNONLINE
Apucarana: VAL pede reajuste de 10% na tarifa do transporte coletivo - Foto: TNONLINE

A Viação Apucarana Ltda. (VAL) protocolou uma solicitação para o reajuste na tarifa do transporte público no município. O aumento pedido foi de 10% na passagem. A direção da empresa afirma que o encarecimento do óleo diesel e também a proximidade da data-base para reajuste dos salários dos funcionários motivaram o pedido. O reajuste depende de autorização da Prefeitura de Apucarana, que vai avaliar as planilhas apresentadas.

A tarifa do transporte coletivo hoje é de R$ 2,45. Segundo a Prefeitura, o ofício protocolado pela VAL solicita um reajuste de pelo menos 10%, indo a R$ 2,70. No entanto, a empresa admite que a solicitação de reajuste pode aumentar, indo a até R$ 2,75. O pedido foi protocolado oficialmente na segunda-feira (10). De acordo com o gerente da empresa, Enivaldo Betazzo, os insumos subiram muito nos últimos meses. “O óleo diesel subiu muito de preço nos últimos tempos, o que encareceu bastante o serviço. Aliado a isso, a data-base do setor é no dia 1º de setembro. Ou seja, em breve, o custo irá aumentar ainda mais”, diz.

Segundo ele, o sindicato dos trabalhadores do setor no município está solicitando 15% de aumento nos salários. Esse valor não é definitivo e o reajuste depende ainda de negociações entre o sindicato e a empresa. De acordo com o procurador-geral do município, Paulo Vital, o departamento jurídico da Prefeitura está estudando detalhadamente a situação da empresa, sobretudo as planilhas de gastos e despesas entregues junto ao ofício. “O último reajuste concedido foi em novembro de 2014. O contrato entre a Prefeitura e a VAL prevê um reajuste por ano, ou seja, a empresa está no direito de solicitar o aumento. O que avaliaremos é quanto podemos conceder de aumento. A Prefeitura quer que a tarifa fixada seja sempre a menor possível, para não onerar demais os cidadãos”, afirma Vital, que não adiantou quando a resposta será dada a empresa.

O procurador-geral afirma ainda que pesará na análise o novo Plano Municipal de Mobilidade Urbana, em fase de finalização. “Com o plano pronto, poderemos dar início à nova licitação do transporte público”, diz.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber