Mais lidas
Apucarana

Acusado de homicídio é condenado a 21 anos e 10 meses de prisão

.

Acusado de homicídio é condenado em Apucarana a 21 anos e 10 meses de prisão - Foto: José Luiz Mendes
Acusado de homicídio é condenado em Apucarana a 21 anos e 10 meses de prisão - Foto: José Luiz Mendes

Um acusado de homicídio duplamente qualificado e tortura foi condenado a 21 anos e 10 meses de prisão em júri popular realizado ontem (13) no fórum de Apucarana. Conforme denúncia do Ministério Público (MP), o réu Edenílson Aparecido Lopes, o "Denilsinho", de 27 anos, que já encontrava-se preso, foi condenado por matar Daniel Cordeiro da Silva, com 26 anos na época do crime, que ocorreu em 31 de maio de 2011, na Rua Belo Horizonte, no Jardim Mercadante (na zona norte da cidade). 

Conforme a Promotoria, Denilsinho e um comparsa não identificado mataram Daniel com tiros de pistola na cabeça, após torturarem e ameaçarem uma jovem e um rapaz, que chegou inclusive a ser amarrado para revelar o paradeiro da vítima de homicídio, que estaria disputando território para traficar droga com o autor do assassinato. 

O júri popular foi presidido pelo juiz Oswaldo Soares Neto. Na acusação trabalhou o promotor Eduardo Augusto Cabrini e na defesa atuou o advogado Celso Paulo da Costa.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber