Mais lidas
Apucarana

Apucarana quer imunizar 7 mil crianças contra a paralisia infantil

.

Apucarana quer imunizar 7 mil crianças contra a paralisia infantil
Apucarana quer imunizar 7 mil crianças contra a paralisia infantil

A Autarquia Municipal de Saúde (AMS) está se preparando para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite (paralisia infantil), que acontecerá de 15 a 31 de agosto. Em Apucarana, o prefeito Beto Preto abrirá as atividades de imunização, no dia 15 às 9 horas, na UBS Raul Castilho, localizada no Núcleo Habitacional João Paulo I. A meta da AMS é imunizar 7.315 crianças, com idades entre 6 meses e quatro anos e 11 meses. 

A campanha também vai fazer a atualização da caderneta de vacinação, disponibilizando doses contra outras doenças. Detalhes da mobilização foram divulgados nesta quinta-feira (06/08), em entrevista à imprensa concedida na sede da AMS, por Aguinaldo Ribeiro, superintendente municipal de Ações de Vigilância em Saúde e pelo enfermeiro Luciano Pereira, coordenador do setor de epidemiologia da Autarquia. Aguinaldo destaca que, além da dose contra a poliomielite, haverá a atualização da caderneta de vacinação. 

“Por isso, é fundamental que os pais levem a caderneta para colocar em dia as vacinas que estiverem em atraso, como contra sarampo, tétano, difteria, rubéola, coqueluche, meningite, pneumonia e febre amarela”, cita Aguinaldo. Conforme o enfermeiro Luciano Pereira, as doses estarão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde que possuem salas de vacina, totalizando 25 pontos de imunização. “A abertura da vacinação, chamado dia D, será no próximo sábado, dia 15. Depois a campanha terá continuidade, com o atendimento de segunda à sexta-feira, no período das 8 horas às 16h30”, informa. O enfermeiro lembra que a vacina, aplicada via oral, é a única forma de prevenção contra a paralisia infantil. “O último caso de poliomielite registrado no Paraná foi em 1990. Estamos conclamando os pais para que levem os filhos, com o objetivo de garantir a erradicação da doença. Além disso, será uma oportunidade para colocar em dia as demais vacinas”, solicita. A paralisia infantil é uma doença infectocontagiosa grave, que afeta o sistema nervoso, provocando paralisia principalmente dos membros inferiores. É causada e transmitida por um vírus (poliovírus) e a infecção se dá principalmente por via oral.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber