Facebook Img Logo
Mais lidas
Apucarana

Senadora Gleisi assegura mais de R$ 30 milhões para Apucarana

.

Senadora Gleisi assegura mais de R$ 30 milhões para habitação e Saúde de Apucarana - Foto: Divulgação
Senadora Gleisi assegura mais de R$ 30 milhões para habitação e Saúde de Apucarana - Foto: Divulgação

Em concorrida solenidade, que lotou o salão nobre e parte do corredor do segundo andar da Prefeitura de Apucarana com a presença de lideranças políticas e comunitárias, a senadora Gleisi Hoffmann e o prefeito Beto Preto solenizaram na quinta-feira (09/07), a conquista de mais 500 moradias da faixa “1” do Programa Minha Casa, Minha Vida para a cidade.

As residências, voltadas para famílias com renda mensal de zero a três salários-mínios, serão construídas na região do Clube de Campo Água Azul, no já denominado Residencial Solo Sagrado. Oinvestimento supera os R$30 milhões. No mesmo ato, a senadora da República confirmou ao prefeito Beto Preto – com a entrega de portaria – repasse federal na ordem de R$492 mil via Ministério da Saúde. O dinheiro será gerido pela Autarquia Municipal de Saúde (AMS) com a finalidade de custear mutirões de cirurgias eletivas, principalmente nas áreas de otorrinolaringologia e ginecologia.

“Este é um momento muito importante, onde celebramos a conjugação de forças. Se não fosse o gabinete da senadora Gleisi em Brasília, este projeto habitacional estava perdido. Já os recursos para as cirurgias eletivas, fazem parte de uma primeira etapa de um bloco de R$2 milhões, que vão contribuir para que acabemos com filas e retomemos, muito em breve, com as cirurgias de garganta, beneficiando principalmente crianças”, informou Beto Preto. O prefeito explicou que o projeto do Residencial Solo Sagrado chegou a estar praticamente descartado, em função de novos critérios exigidos da empreiteira pelo agente financeiro, neste caso o Banco do Brasil. “Foram muitas idas e vindas a Brasília, mas graças à senadora Gleisi conseguimos resgatar este investimento. Todos os dias famílias e mais famílias batem à porta da assistência social para se cadastrar a uma residência. São mais de 6 mil à espera. Temos feito muito na área habitacional e vamos continuar a busca por todo o recurso possível para viabilizarmos mais moradias”, frisou o prefeito logo após a assinatura do contrato de construção do novo residencial, entre o Banco do Brasil e a Construtora Prestes, de Ponta Grossa.

CUSTO - “Cada unidade tem um custo estimado de R$ 60 mil e as famílias que se habilitarem irão pagar parcelas entre R$ 25 e R$ 80, dependendo da renda familiar, por um período de 10 anos”, destacou Beto. De acordo com ele, as obras devem ter início dentro de 15 dias e o prazo de conclusão é previsto para um ano e dois meses. A “insistência positiva” do prefeito na busca dos dois projetos foi enaltecida pela senadora Gleisi Hoffmann. “Apucarana tem um grande prefeito, que se destaca na luta em prol da cidade. E isto, indiretamente, vem beneficiando toda a região. Na semana passada, por exemplo, o Beto esteve comigo em Brasília e solicitou apoio na questão dos recursos para cirurgias eletivas. Fomos à secretaria executiva do Ministério da Saúde e, como resultado, conseguimos liberação não só para Apucarana, mas para diversos outros municípios do Paraná”, disse arrancando aplausos das mais de 300 pessoas presentes.

Senadora Gleisi anuncia mais de R$ 30 milhões para 
habitação e Saúde de Apucarana - Foto: Divulgação



Ao avaliar o Programa Minha Casa Minha, Minha Vida como o “maior do mundo na área de habitação”, Gleisi destacou a dimensão da iniciativa. “Já são cerca de 3,7 milhões de moradias construídas ou contratadas desde 2007 e em agosto a presidente Dilma vai lançar a fase 3, com a previsão de mais 3 milhões de unidades. Todos os anos diversos países vêm até nós para conhecer esta tecnologia social. Eles querem saber como tudo é operacionalizado, contemplando sobretudo uma fatia da população que historicamente muitos achavam impossível atender através de uma iniciativa governamental como esta”, disse a senadora. Ela agradeceu à Construtora Prestes pela parceria e manifestou o carinho que sente pelo Banco do Brasil, financiador do projeto em Apucarana.

“Um banco que além de ser um operador de mercado tem papel importante no financiamento de políticas públicas do Governo Federal”, afirmou. Para o presidente da Câmara Municipal, vereador José Airton Deco de Araújo, o sentimento do Legislativo é de gratidão. “Somos representantes do povo, por isto digo que o nosso sentimento é de gratidão pelo trabalho do prefeito e da senadora Gleisi, que sempre tem tido um olhar de cuidado por Apucarana. As 500 famílias que se habilitarem para essas moradias certamente terão uma melhor qualidade de vida. Digo isto com propriedade, pois foi somente depois que minha mãe foi atendida com uma residência popular é que eu e meus irmãos começamos a comer melhor, a nos vestir melhor, e a ter acesso a bolsa de estudo. Tudo melhorou a partir daí. Já os recursos na saúde também são importantes, vão ajudar a muita gente”, declarou Deco.

"NÃO PERDER MAIS" - O vice-prefeito Júnior da Femac afirmou que há três anos a população tomou a decisão de não perder mais. “E desde então é isso que a administração municipal tem feito, trabalhado para Apucarana não perder. Estes R$30 milhões do “Minha Casa, Minha Vida” estavam praticamente perdidos, mas com perseverança fomos buscar”, concluiu.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber