Apucarana

​Estagiária da Prefeitura é eleita princesa Plus Size

Da Redação ·
Roberta Araújo de Souza tem 19 anos e cursa o terceiro semestre de engenharia civil - Foto: Edson Denobi
Roberta Araújo de Souza tem 19 anos e cursa o terceiro semestre de engenharia civil - Foto: Edson Denobi

Em evento que contou com a participação de 11 concorrentes, Roberta Araújo de Souza, estagiária do setor de cadastro imobiliário da Prefeitura, ficou com a faixa de 1ª Princesa Plus Size. O concurso aconteceu no sábado (06/07), no Cine Teatro Fênix, e foi organizado pela Impacto Produções, Fernanda Jants e GM Eventos. Jamile Bertolin foi escolhida a Miss Plus Size, enquanto Letícia Kawazaki ficou com a faixa de 2ª princesa e Andressa Couto foi eleita a Miss Simpatia.

O concurso contou com desfile casual, de maiô e de gala. Foram avaliados quesitos como desenvoltura na passarela, simpatia e elegância. Roberta tem 19 anos e cursa o terceiro semestre de engenharia civil na Faculdade Pitágoras, de Londrina. “É uma nova fase que estou passando e o concurso representa uma quebra de tabu, mostrando que prá ser bonita não precisa ser magra”, afirma Roberta, que está cumprindo há seis meses estágio na Prefeitura de Apucarana.

continua após publicidade

Roberta Araújo de Souza, a princesa Plus Size
Foto: Edson Denobi

continua após publicidade


Além dos colegas de trabalho, Roberta conta que recebeu o incentivo da atual miss Paraná Plus Size, Kelle Cristina Corrêa, que também é apucaranense. “É a primeira vez que Apucarana realiza o concurso como etapa classificatória para o Miss Paraná. Fui muito apoiada pelos meus colegas de trabalho para participar e agora a recepção foi ainda maior. Estou muito feliz com o apoio e com o resultado”, finaliza Roberta, lembrando que Apucarana será representada  no Miss Paraná por Jamile Bertolin, que venceu a etapa local.

Foto: Edson Denobi

O QUE É – Plus size é um nome dado pelos norte-americanos para roupas acima do tamanho convencional. O segmento cresce cada vez mais, ganhando espaço em propagandas e inspirando a realização de concursos de beleza. Além do apelo comercial, visando aumentar o número de roupas vendidas, as iniciativas buscam também incluir esse público no mundo da moda e da beleza, eliminando tabus e preconceitos.