Apucarana

Mulher e filho de 5 cinco anos assassinados serão sepultados hoje em Apucarana

Da Redação ·
Os corpos de Fernanda Saviani, de 34 anos, e de seu filho Nathan Henrique de Miranda, de 5 anos,  são velados na Capela Mortuária de Apucarana - Foto: Sérgio Rodrigo
Os corpos de Fernanda Saviani, de 34 anos, e de seu filho Nathan Henrique de Miranda, de 5 anos, são velados na Capela Mortuária de Apucarana - Foto: Sérgio Rodrigo

Os corpos de Fernanda Saviani, de 34 anos, e de seu filho Nathan Henrique de Miranda, de 5 anos, mortos a pancadas no domingo (14) em propriedade rural no município de Cruzmaltina, serão sepultados hoje (17), às 10 horas, no Cemitério Cristo Rei, em Apucarana. Eles foram assassinados a pancadas e golpes de instrumento perfurante por Roberto Assis Miranda, de 54 anos, que estava em Cruzmaltina a passeio com o filho e a ex-mulher, onde tinham familiares. Roberto se enforcou após cometer o duplo homicídio. 

Os corpos de Fernanda Saviani e de Nathan Henrique foram localizados pela polícia na manhã de ontem (16), em um sítio na zona rural do município – o corpo de Roberto já havia sido encontrado na tarde de anteontem a poucos quilômetros do local.  Fernanda e Nathan moravam atualmente em Londrina e Roberto em São Paulo (na Capital).

O delegado da Polícia Civil de Faxinal, Antônio Sílvio Cardoso, que comanda as investigações do caso, diz não ter dúvidas que Roberto de Assis Miranda matou mãe e filho. De acordo com o delegado, o duplo assassinato ocorreu no último domingo. “Testemunhas ouvidas preliminarmente afirmaram ter visto Roberto caminhando com Fernanda e o menino pelas ruas da cidade. Mais tarde, ele apareceu sozinho, e as vítimas não foram mais vistas. Acreditamos que os crimes ocorreram nesse intervalo”, diz o delegado. 

SUICÍDIO - Na segunda-feira (15) à tarde, Roberto foi encontrado morto na área rural de Cruzmaltina, em um sítio que pertencia ao cunhado dele. Dado o desaparecimento de Fernanda e Nathan, familiares e conhecidos se desesperaram.  Ontem pela manhã a dúvida virou certeza. Um morador da região ligou para a polícia dizendo que havia encontrado os dois cadáveres, de bruços, um ao lado do outro, em uma mata a cerca de dois quilômetros de onde Roberto foi encontrado. Equipes da Guarda Municipal e das polícias Civil e Militar foram até o local e confirmaram a tragédia.

“As vítimas apresentavam sinais de espancamento. Além disso, Fernanda tinha duas marcas de perfurações no peito, provavelmente de faca ou outro objeto de material cortante. A polícia ainda não localizou os objetos usados nos crimes, que devem ter sido atirados pelo autor em meio a plantação do sítio”, diz o delegado. O delegado ainda informou que familiares de Roberto relataram que ele e Fernanda estavam separados – ela morando em Londrina com o filho e ele em São Paulo – mas, Roberto tentava uma reaproximação com a mulher e havia buscado ela e o filho na quinta-feira (11) para passar uns dias na casa de parentes em Cruzmaltina. 

Os pais de Fernanda Saviani e avós de Nathan residem em Apucarana. Eles relataram que eram contra o relacionamento dela com Roberto, que já teria apresentado um comportamento violento antes. Um boletim de ocorrência por agressão já havia sido registrado pela família. O fato chocou a população de Cruzmaltina.

continua após publicidade