Apucarana

Corpus Christi leva manifestações de fé para as ruas de Apucarana 

Da Redação ·
​Os tapetes para celebração de Corpus Christi são feitos através de uma comunhão de entidades - Foto: Tribuna do Norte
​Os tapetes para celebração de Corpus Christi são feitos através de uma comunhão de entidades - Foto: Tribuna do Norte

Comemorado sempre na primeira quinta-feira após o Domingo de Pentecostes, o dia de Corpus Christi celebra o Corpo de Cristo na hóstia consagrada. A festa é uma das mais bonitas da Igreja Católica por conta da procissão com as ruas todas enfeitadas, que formam um colorido tapete sobre o cinza do asfalto em Apucarana. As criações são resultado de um longo trabalho de confecção.

Os tapetes são feitos através de uma comunhão de entidades. São pastorais, paróquias e até escolas da cidade que envolvem-se na criação. A artista plástica Márcia Saldanha Zanuto é uma das centenas de pessoas que ajudam a confeccionar os tapetes que serão colocados hoje n as ruas de Apucarana. “Já faz 18 anos que eu ajudo a realizar este trabalho. É uma grande emoção poder participar desta que é uma das principais manifestações de fé da igreja católica. Fico muito feliz em ver a procissão do Santíssimo sendo feita através dos tapetes”, diz ela. Ligada à catedral de Apucarana, Márcia auxilia três grupos na confecção de seus tapetes: o grupo da catequese, do Apostolado da Oração e da Pastoral da Saúde.

“Muitos grupos começam os trabalhos com meses de antecedência. É um trabalho voluntário, feito nas horas livres, à noite e nos finais de semana, tudo para tentar transmitir os valores da Eucaristia para os tapetes”, afirma. São dezenas de grupos em Apucarana que auxiliam na confecção dos tapetes. Cada grupo é responsável por uma metragem previamente designada, variando conforme o tamanho do grupo (existem equipes com pouco mais de 10 pessoas até aproximadamente 100 integrantes).

A dona de casa Neusa de Almeida Costa também auxilia no trabalho. “Coordeno esse trabalho na Pastoral da Saúde há cerca de dois anos. Essa é uma festa muito bonita e importante para a fé católica”, afirma ela, lembrando que o grupo alia fé e caridade. “Ano passado arrecadamos mais de 200 litros de leite e 100 quilos de macarrão para doação. Neste ano, esperamos arrecadar ainda mais”, diz.

continua após publicidade