Apucarana

Prefeitos discutem hoje região metropolitana de Apucarana

Da Redação ·
A Prefeitura de Apucarana sedia hoje a primeira reunião entre prefeitos e representantes dos 23 municípios que compõem a recém-criada Região Metropolitana de Apucarana (RMA) - Infográfico: Tribuna do Norte
A Prefeitura de Apucarana sedia hoje a primeira reunião entre prefeitos e representantes dos 23 municípios que compõem a recém-criada Região Metropolitana de Apucarana (RMA) - Infográfico: Tribuna do Norte

A Prefeitura de Apucarana sedia hoje a primeira reunião entre prefeitos e representantes dos 23 municípios que compõem a recém-criada Região Metropolitana de Apucarana (RMA). A lei sancionada em janeiro deste ano pelo governador Beto Richa amplia a possibilidade de captação de recursos dos municípios aliados, trazendo novas perspectivas para a região do Vale do Ivaí.

O encontro, que acontece no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), irá promover um debate entre os participantes sobre a lei que institui o Estatuto da Metrópole.A reunião técnica deve nortear projetos conjuntos futuros, como forma de viabilizar a região metropolitana.O prefeito Beto Preto (PT), anfitrião do encontro, classifica o debate como histórico. “Esta agenda é o primeiro passo concreto que damos no sentido de estruturarmos fisicamente a nossa região metropolitana, que traz novas perspectivas para Apucarana e região”, destaca.

De acordo com ele, o conhecimento do Estatuto da Metrópole é fundamental para que os trabalhos da RMA tenham início com foco. “Sobretudo com projetos visando o desenvolvimento regional em áreas como a da construção civil, habitação, saneamento, transporte, entre outras”, pontuou o prefeito de Apucarana.A reunião organizada pelo Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan), terá à frente o assessor técnico da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedu), Álvaro Cabrini Júnior. O tema será a Lei Federal nº 13.089/2015, que institui o Estatuto da Metrópole, responsável por estabelecer diretrizes gerais para o planejamento, gestão e execução das funções públicas de interesse comum em regiões metropolitanas e em aglomerações urbanas instituídas pelos estados.

“Esta lei é um instrumento para que os gestores possam resolver os problemas dos municípios. O objetivo é informar o que precisa ser feito para que a lei federal seja aplicada. Os representantes devem ficar conscientes de cada passo necessário para que a região se fortaleça, seja atuante e obtenha recursos”, explica o assessor técnico do Idepplan, Carlos Mendes.A RMA, criada a partir do Projeto de Lei de autoria do deputado estadual Nelson Justus (DEM), contempla cerca de 300 mil habitantes do Vale do Ivaí. O debate entre os representantes dos municípios congregados acontece entre as 13h30 até 17 horas, no auditório da OAB de Apucarana. (Com assessoria)

continua após publicidade