Apucarana

Prefeito autoriza reforma interna do Ginásio de Esportes Lagoão

Da Redação ·
Santa Missa Solene acontece nesta quinta a partir das 19h30, na Catedral Nossa Senhora de Lourdes - Foto: DIvulgação
Santa Missa Solene acontece nesta quinta a partir das 19h30, na Catedral Nossa Senhora de Lourdes - Foto: DIvulgação

 O prefeito de Apucarana, Beto Preto (PT), concedeu nesta quarta-feira (18/03) autorização para que o Departamento de Compras e Licitação dê início ao processo visando a contratação de empresa de engenharia para serviços de reforma da quadra poliesportiva e dos sanitários do Complexo Esportivo José Antônio Basso (Lagoão). O investimento máximo previsto é de R$440 mil, a serem financiados com recursos do cofre municipal.

No mesmo pacote também estão previstas adequações na área de segurança, como construção de saídas de emergência. “Estamos concentrando todos os esforços para colocar o Lagoão, que é o coração esportivo da cidade, de novo em funcionamento”, pontuou o prefeito. Ele lembra que a praça tem 40 anos e a as intervenções vão garantir acessibilidade, segurança e uma nova vida útil ao espaço.

“Nossa equipe já promoveu uma série de obras, e agora esta reforma interna vai garantir que tudo seja concluído dentro do que exigem as normas de segurança, com acessibilidade. Assim esperamos que até o final deste ano possamos ter um ginásio em condições de ser novamente aberto a toda comunidade e utilizado por mais 40, 50 anos, Além disto, com uma quadra no formato oficial, Apucarana reunirá condições de receber jogos oficiais de diversas modalidades”, frisa Beto.

PISTA DE ATLETISMO - Outra melhoria que a Prefeitura de Apucarana vai autorizar nos próximos dias é a licitação para revitalização da pista de atletismo. “Vamos lançar este certame em breve. Devido a falta de condições de uso daquele ambiente, hoje trabalhamos o miniatletismo nas escolas. Queremos a pista do Lagoão em conformidade para que voltemos a ser celeiro de novos talentos”, destacou o prefeito.

O investimento na obra, também com recursos próprios, deverá ser na ordem de R$100 mil. Cobertura - Umas das principais causas que levaram à interdição preventiva do local, no início de 2013, as goteiras sobre a quadra e arquibancadas, além de infiltrações nas paredes do ginásio poliesportivo do Lagoão estão sendo resolvidos.

Há cerca de 20 dias tiveram início dos trabalhos de troca da antiga cobertura de telhas de aço galvanizado. O investimento empregado na benfeitoria é na ordem de R$ 493.542,04, oriundos de emenda parlamentar junto ao Ministério do Esporte. O serviço é executado pela vencedora da licitação, Consvale Construtora Vale do Ivaí Ltda, de Ivaiporã.

continua após publicidade