Apucarana

Morre nesta terça-feira 2ª vítima de acidente em via na área central de Apucarana

Da Redação ·
Morre nesta terça-feira segunda vítima de acidente no centro de Apucarana - Jonas Kano/Foto Cosmos
Morre nesta terça-feira segunda vítima de acidente no centro de Apucarana - Jonas Kano/Foto Cosmos

Faleceu na manhã desta terça-feira (18), no Hospital da Providência, em Apucarana, Tiago de Lima Nunes, de 24 anos, que ficou ferido em acidente de trânsito ocorrido às 3h13 da madrugada de domingo (15), no cruzamento da Rua Ponta Grossa com a Rua Professor João Cândido Ferreira, na área central da cidade. Valdir Santos de Oliveira, de 27 anos, que conduzia um dos veículos envolvidos na colisão, faleceu por volta das 15 horas de domingo (15). Ele foi sepultado na tarde de segunda-feira, no Cemitério da Saudade. Já o corpo de Tiago de Lima Nunes será trasladado para Aracaju, no Estado de Sergipe, onde residem um grande número de seus familiares.  

A ocorrência de trânsito envolveu um veículo usado como táxi, dirigido por Luan Carlos da Silva, de 30 anos, e o VW Gol placa ARX-3195, de Apucarana, conduzido por Valdir Santos de Oliveira. Cinco pessoas ficaram feridas no acidente - incluindo uma mulher no sexto mês de gestação - e duas morreram no hospital. O motorista do táxi, Luan Carlos da Silva, de 30 anos,sofreu lesões leves e passa bem.  Os ocupantes do VW Gol, Ana Paula Almeida Oliveira, de 19 anos (ferimentos graves, mas sem risco à vida) e Daiana Regina dos Santos Sá, 28 ainda se recuperam das lesões. Familiares de Daiana, que ficou viúva de Valdir e está grávida, relataram que ela foi submetida a cirurgia e passa bem, sem correr risco de ter a gestação interrompida.

VERSÃO - Conforme versão de Alessandro Lima, que é neto do proprietário do táxi, o condutor do VW Gol trafegava pela Rua Professor João Cândido Ferreira e cruzou a Rua Ponta Grossa, que conforme ele frisa, é via preferencial, quando o semáforo estava em pisca-alerta no amarelo durante a madrugada. A informação foi confirmada pelo Pelotão de Trânsito do 10º Batalhão da Polícia Militar (BPM). "Familiares do motorista do VW Gol também confirmaram que ele não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH)", acrescentou Alessandro. 

O caso agora está sob a responsabilidade do Pelotão de Trânsito do 10º Batalhão da Polícia Militar (BPM). Como ocorreram mortes, a Polícia Civil instaurou inquérito relativo ao acidente.

continua após publicidade