Apucarana

​Quinta-feira é de chuva e neblina em Apucarana

Da Redação ·
Segunda-feira (11)  começa com muita chuva e neblina em Apucarana, na região norte do Paraná - Foto: LUIZ DEMÉTRIO/TNONLINE
fonte: Foto: TNONLINE
Segunda-feira (11) começa com muita chuva e neblina em Apucarana, na região norte do Paraná - Foto: LUIZ DEMÉTRIO/TNONLINE

Apucarana e região voltam registrar nesta quinta-feira (29) chuva há várias horas e densa neblina. A Catedral Nossa Senhora de Lourdes, na área central da cidade, chegou a ficar novamente coberta pela névoa no início da manhã.

De acordo com meteorologistas do Instituto Simepar, isso ocorre porque uma frente fria avança pela Região Sul e aumenta a instabilidade atmosférica no Paraná já no período da manhã.

Ao mesmo tempo em que áreas de instabilidade pré-frontais atuam entre o noroeste e norte. A partir do período da tarde as chuvas atingem todas as regiões paranaenses e o risco de ocorrência de temporais aumenta muito. 

As temperaturas diminuem um pouco, ou seja, com as chuvas o calor perde intensidade. Em Apucarana, a mínima prevista para esta quinta-feira é de 20º e a máxima pode chegar aos 31º.

O acumulado de chuva previsto, até o fim de semana, é expressivo e pode passar dos 100 mm em muitas cidades paranaenses.

ACIDENTES/RISCOS - Os motoristas que trafegam pelas ruas das cidades e estradas da região de Apucarana precisam redobrar a atenção durante o período de chuva e neblina para evitar acidentes.

O alerta é feito pelas Polícias Rodoviária Federal (PRF) e Estadual (PRE), em decorrência dessas condições potencializadoras de riscos nas rodovias. 

Conforme patrulheiros, os dois fatores (chuva e neblina) elevam os riscos de acidentes em cerca de 30%. Nessas condições os motoristas devem redobrar a atenção e não exceder na velocidade, recomenda a PRF.

Segundo os policiais, os nevoeiros prejudicam a visibilidade do motorista e geralmente são registrados à noite e no início da manhã. Nestes casos, o condutor de veículo  deve trafegar com a luz baixa sempre acesa e aumentar a distância do veículo da frente, além de diminuir a velocidade e evitar a ultrapassagem em pista simples, ou seja, praticar a direção defensiva, recomenda a PRF.

continua após publicidade