Apucarana

Tarifa do transporte público sobe hoje para R$ 2,45

Da Redação ·
Foto: Sérgio Rodrigo
Foto: Sérgio Rodrigo

Depois de duas semanas de estudos da planilha de custos apresentada pela Viação Apucarana Ltda (VAL), a Prefeitura de Apucarana decidiu conceder reajuste de R$ 0,30 na tarifa do transporte coletivo urbano. O novo valor, que passou a vigorar neste domingo, representa um acréscimo de 14% e eleva a passagem para R$ 2,45.

continua após publicidade

A empresa requereu inicialmente que a tarifa fosse reajustada para R$ 2,48. A prefeitura admitia autorizar apenas R$ 2,40. Porém, com o anúncio do aumento do diesel em 5% anteontem, técnicos opinaram pela concessão de R$ 2,45. 

Ao oficializar o reajuste, o prefeito Beto Preto fez questão de lembrar que o preço estava congelado há dois anos. “O último reajuste havia sido dado em dezembro de 2012”, lembrou ele, acrescentando que no final de 2013, por conta da desoneração do PIS/Cofins pelo governo, a tarifa chegou a ter uma redução de R$ 0,15 em Apucarana. 

continua após publicidade

O procurador geral do município, o advogado Paulo Sérgio Vital, explicou que as planilhas de custos de manutenção, peças de reposição, combustível, lubrificantes e de pessoal foram exaustivamente estudadas nos últimos dias. “Consideramos justo a concessão deste reajuste por que, neste período, a VAL arcou com os custos de dois reajustes salariais e aumento de peças, lubrificantes e combustível”, avaliou Vital. 

O diretor administrativo da VAL, Roberto Jacomelli, alegou dificuldades para manter o serviço, em função da alta nos custos. Conforme argumentou ele, pelos acordos coletivos celebrados entre a empresa e o sindicato dos empregados, houve um reajuste no salário dos funcionários na faixa de 21%. Nestes dois anos – acrescentou Jacomelli -, houve reajustes no preço do diesel, veículos e demais insumos utilizados na operação dos serviços.

O diretor da empresa pondera ainda que nesses dois anos, a Prefeitura de Apucarana exigiu a renovação de ao menos 20% da frota. “A VAL investiu R$ 3 milhões na compra de 12 ônibus novos e também foi ampliada em 20 mil a quilometragem rodada ao mês, para atender novos bairros e loteamentos da cidade”, assinala ele.

continua após publicidade

Ao autorizar o reajuste, o prefeito também entregou a Jacomelli um documento contendo a síntese de reclamações e reivindicações dos usuários do transporte coletivo. “Isso tudo foi levantado em seis audiências públicas que realizamos recentemente”, revelou. 

Atualmente, o serviço é utilizado diariamente, por cerca de 21 mil apucaranenses, que reclamam das condições de pontos de ônibus e também do descumprimento de horários em diversas linhas.