Apucarana

Radares multam 18 por dia na região

Da Redação ·
Trecho na BR-369 perto da Nortox é campeão de multas
fonte: Foto: Sérgio Rodrigo
Trecho na BR-369 perto da Nortox é campeão de multas

Dirigir acima do limite de velocidade aparece no topo da lista entre as infrações mais cometidas por motoristas paranaenses, segundo dados divulgados na última semana pelo Departamento Estadual de Trânsito do Paraná (Detran-PR). Na região, dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) dão conta de que, neste ano, as multas por excesso de velocidade caíram 28,2% nas rodovias federais. Mesmo assim, o volume continua grande: 18 pessoas são multadas por dia nessas estradas.

continua após publicidade

Na BR-369, no trecho de 131 quilômetros entre Jandaia do Sul (trevo para Bom Sucesso) e Ortigueira, foram registradas 4.855 multas por excesso de velocidade no período entre janeiro e julho de 2013. No mesmo período de 2014, o número de infrações registradas foi de 3.459, diminuição de 28,7%. Do total deste ano, 55,6% das multas são por excesso de velocidade em até 20% do máximo permitido na via, 34,5% são de motoristas que excederam entre 20% e 50%, e 6,9%.

Na BR-376, entre o pedágio de Arapongas e o fim do contorno norte de Apucarana (trecho de 25 quilômetros), foram 550 multas de janeiro a julho de 2013. No mesmo período de 2014 foram 421, queda de 23,4%. Neste ano, 73,6% das multas são por excesso de velocidade em até 20% do limite, 24,9% são por excesso entre 20 e 50%. O restante, 1,5%, são por excesso em mais de 50% do máximo permitido na via.
De acordo com Sérgio Oliveira, inspetor da PRF, a diminuição de multas neste ano não é motivo para comemorar. “Nossa delegacia é responsável por um trecho longo. Não há como focar em todos os pontos. Por isso, essa diminuição tem explicação logística: houve um redirecionamento este ano para outros trechos. Não quer dizer que o excesso de velocidade tenha diminuído”, afirma ele.

continua após publicidade

O inspetor ainda ressalta que a PRF tem dado atenção especial para esta questão. “Por conta do alto risco de acidentes e da gravidade dos mesmos, o combate à alta velocidade é uma das prioridades do trabalho da PRF”.

APUCARANA

Em Apucarana, os radares da Avenida Minas Gerais deverão ser recolocados em breve. De acordo com o prefeito Beto Preto (PT), a instalação dos aparelhos já foi aprovada em audiência pública no ano passado. “Não temos pressa. Devemos ter novidades sobre esse assunto nos próximos 60 dias, provavelmente com a abertura do processo licitatório. Os radares não podem ter sentido arrecadatório como foi no passado. Não faremos nada a toque de caixa”, afirma.