Apucarana

Mini presídio recebe visitas pelo "dia do encarcerado"

Da Redação ·
Bispo Dom Celso Marchiori concedeu entrevista sobre temas polêmicos - Foto: Arquivo
fonte: Foto: Arquivo - TNonline
Bispo Dom Celso Marchiori concedeu entrevista sobre temas polêmicos - Foto: Arquivo

Detentos do mini presídio de Apucarana receberam durante ontem, uma visita da Pastoral Carcerária da Diocese de Apucarana. O motivo foi devido ao dia do encarcerado que é lembrado nesta quarta-feira (13).

continua após publicidade

O Bispo Dom Celso Antônio Marchiori esteve no local. Ele alertou para as más condições do local, que tem capacidade para 120 presos, mas que atualmente tem aproximadamente 260 detentos.

O religioso celebrou duas missas para dois grupos diferentes de detentos, que foram reunidos no pátio. Devido a questões de segurança, o bispo não permaneceu no mesmo espaço que os presos e comandou a reunião do lado de fora da grade.

continua após publicidade

Dom Celso ainda avaliou como positivo o trabalho realizado pela Pastoral Carcerária, que atende os detentos no aspecto espiritual, mas também atua com ajuda material, como produtos de higiene e limpeza e doação de colchões novos. Dom Celso esteve acompanhado do Padre Luizinho, religioso responsável pelo trabalho da pastoral, que é coordenada por Carlos Ferreira de Andrade.

Nesta quarta-feira detentos do mini presídio receberão alimentos doados por pessoas ligadas á pastoral. Carlos Ferreira, é uma das pessoas da pastoral quem organiza à ação. De acordo com ele, a entrega simbólica é feita há 5 anos, "Antes disso, nem tínhamos conhecimento da data" ele comenta.

De acordo com Carlos, a receptividade dos detentos é positiva e o gesto importante, embora ainda precisem enfrentar certos preconceitos de setores da sociedade. "Muita gente acha que quem está preso precisa sofrer ainda mais... Mas antes de tudo, este dia é importante que ele pense nos erros dele e também se lembre das pessoas que o querem bem", cita Carlos.