Apucarana

Apucarana define novo cronograma da coleta seletiva

Da Redação ·
Foto: Edson Denobi
fonte:
Foto: Edson Denobi

A Cooperativa dos Catadores de Materiais Recicláveis de Apucarana (Cocap) já realiza a coleta seletiva do lixo doméstico em 90% da cidade. Dentro de 30 dias, o trabalho dos 45 cooperados, que até o último dia 21 de julho estava restrito a alguns pontos do município, passará a cobrir todos os bairros, incluindo os distritos.

continua após publicidade

O novo cronograma semanal da coleta foi divulgado nesta sexta-feira (08/08) pela Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Apucarana e já está dentro dos parâmetros acordados recentemente entre as partes em um novo contrato de prestação de serviços, que garante autosuficiência financeira à cooperativa, com repasse de recursos mensais na ordem de R$60 mil.

A estimativa da administração municipal é que, com a ampliação do raio de ação, e uma maior conscientização por parte da população, o percentual de reciclagem aumente gradativamente e atinja a meta do contrato, que é de 350 toneladas/mês. Segundo a última medição feita pela prefeitura, das 2,1 mil toneladas/mês as enviadas ao aterro sanitário, cerca de 38% eram de recicláveis. “Com a expansão da coleta seletiva para 100% da cidade, Apucarana dá um grande exemplo de preocupação com as questões ligadas ao setor, evitando que toneladas de lixo reciclável cheguem ao nosso aterro, degradando o meio ambiente e diminuindo sua vida útil. E para que o programa funcione ainda melhor, esperamos contar com a parceria da população”, solicita o prefeito. 

continua após publicidade


Ele frisa que uma grande parcela de moradores já separa o lixo orgânico do reciclável. “Mas podemos avançar mais. Pedimos aos apucaranenses que fiquem atentos a este novo cronograma da coleta seletiva, separem corretamente o lixo reciclável e nos dias em que o caminhão da Cocap passar pelo bairro, coloquem em recipiente adequado para coleta (ver tabela)”, pediu o prefeito Beto Preto. De acordo com ele, a secretaria de Meio Ambiente já está dando início a campanhas de conscientização junto à população e vai promover palestras em escolas, associações de bairros e buscar parcerias das igrejas, clubes de serviço, associação comercial, entre outros.


A nova fase da coleta seletiva na cidade atende à Política Nacional de Resíduos Sólidos, regida pela Lei Federal nº 12.305/2010, que entrou em vigor neste dia 2 de agosto deste ano. “Esta legislação prevê que os municípios não podem mais destinar recicláveis para os aterros sanitários, apenas os rejeitos. Lembrando ainda que a valorização do trabalho da cooperativa, além do aspecto ambiental, também privilegia a questão social de inclusão, de emprego e geração de renda aos trabalhadores da reciclagem”, enaltece Éwerton Pires, secretário de Meio Ambiente de Apucarana.

continua após publicidade

Cocap e prefeitura esperam maior participação da população na reciclagem.

O gestor administrativo da Cocap, Itamar Gomes de Oliveira, informou que o serviço de coleta seletiva que hoje já chega a 90% da cidade é feito com a utilização de três caminhões e o trabalho de 45 cooperados. O trabalho é feito de segunda a sábado, das 8 até às 17h30, com os veículos percorrendo trechos que variam de 40 a 80 quilômetros diários. “Antes deste novo contrato estávamos coletando 160 toneladas/mês. A projeção é de que este mês de agosto fechemos o balanço com a coleta de 200 toneladas e para o mês de setembro projetamos um incremento de pelo menos mais 40 toneladas”, informa Oliveira.


Assim como a prefeitura, ele conta com um maior envolvimento da população. “Hoje, com o novo itinerário, temos rodado bastante e, em muitos lugares, não coletando o esperado pois as pessoas não disponibilizam o material”, relata. De acordo com ele, os bairros que mais reciclam atualmente são os núcleos João Paulo, Afonso Camargo e Adriano Correia. “Estrutura e logística nos temos, se a população separar, vamos coletar”, conclui o gestor da Cocap.