Apucarana

Juiz corregedor faz visita de vistoria ao minipresídio de Apucarana

Da Redação ·
Segundo o juiz Oswaldo Soares Neto, dos 260 detentos, 80 já foram condenados e 180 estão presos cautelarmente - Foto: Delair Garcia
fonte:
Segundo o juiz Oswaldo Soares Neto, dos 260 detentos, 80 já foram condenados e 180 estão presos cautelarmente - Foto: Delair Garcia

O juiz corregedor do minipresídio de Apucarana, Oswaldo Soares Neto, fez uma visita de vistoria por mais de uma hora nesta sexta-feira (23) à tarde na unidade carcerária de cutódia cautelar (provisória), mais conhecida como minipresídio. Junto com integrantes da Patoral Carcerária, o magistrado ouviu reivindicações dos detentos e se comprometeu a fazer uma revisão dos processos e se reunir com os órgãos responsáveis para tentar achar uma solução que possa amenizar as dificuldades registradas no local.

A superlotação ainda continua sendo o maior problema.  
O minipresídio de Apucarana tem capacidade para abrigar 120 presos, mas hoje há 260 encarcerados na unidade prisional. Segundo o juiz Oswaldo Soares Neto, dos 260 detentos, 80 já foram condenados e 180 estão presos cautelarmente, aguardando julgamento.

"Nos reunimos com representantes dos presos, que reivindicam melhor alimentação e assistência médica, além da observância de benefícios da lei que alguns deles teria direito. Nos comprometemos em realizar ações para melhorar as condições no cárcere e fazer uma análise em agosto da situação processual de cada detento, pois o Judiciário não quer ninguém preso além do cumprimento da pena, ressaltou o juiz Oswaldo Soares Neto. 

continua após publicidade


Leia mais na edição de sexta-feira (26) da Tribuna do Norte