Apucarana

Polícia Civil prende suspeito de abusar da enteada de 3 anos em Apucarana

Da Redação ·
Alexandre Teixeira da Silva, de 29 anos, encontra-se recolhido ao minipresídio de Apucarana - Foto - Polícia Civil/Divulgação
fonte:
Alexandre Teixeira da Silva, de 29 anos, encontra-se recolhido ao minipresídio de Apucarana - Foto - Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil prendeu um homem de 29 anos suspeito de violentar a enteada de 3 anos, ontem, na Rua Galdino Gluck Júnior, no centro de Apucarana. Conforme a delegada adjunta da 17ª Subdivisão Policial (SDP), Iane Cardoso Nascimento, a denúncia foi registrada pelo pai da criança. 

“O pai da menor informou que suspeitava que o padrasto estaria molestando a filha e decidiu denunciar”, relata. A criança foi submetida a exame de ato libidinoso e conjunção carnal no Instituto Médico Legal (IML). Ambos os resultados foram positivos. A avaliação psicológica também sinalizou a ocorrência de violência sexual. Segundo a delegada adjunta, o suspeito confessou ter abusado da enteada, entretanto, disse não ter havido conjunção carnal. Ele está preso no Minipresídio e a criança está sob os cuidados do pai. 

Já Alexandre Teixeira da Silva, de 29 anos, encontra-se recolhido ao minipresídio de Apucarana. Se condenado, ele poderá pegar pena que varia de 8 a 15 anos de reclusão.

FREQUÊNCIA
Crimes de estupro de vulneráveis estão ocorrendo com frequência, em Apucarana. Mas, a delegada afirma que disparada no número de casos está ligada ao aumento das denúncias. “O estupro de vulnerável geralmente é praticado por pessoas próximas à vítima, o que dificulta a comunicação do crime. Por isso creio que grande parte dos casos não chegam ao conhecimento da polícia ”, acredita. 

continua após publicidade