Apucarana

Após 15 horas, presos liberam reféns e encerram rebelião

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Após 15 horas, presos liberam reféns e encerram rebelião
fonte: Foto: Alex Durski
Após 15 horas, presos liberam reféns e encerram rebelião

Após 15 horas de negociações, que envolveram dezenas de policiais, os presos da cadeia pública de Telêmaco Borba, na região dos Campos Gerais, libertaram os três agentes carcerários que foram feitos reféns durante o motim. Os 110 presos rebelados decidiram se render e equipes policiais entraram na cadeia para realizar o pente fino.

Não há informações sobre feridos. Participaram das negociações equipes do grupo Tigre e do Bope de Curitiba, além do Cope e do Pelotão de Choque da PM.

continua após publicidade

De acordo com informações do portal Repórter TB, o motim teve início após uma tentativa de fuga frustrada por um agente, que percebeu a ação dos detentos e chamou a polícia.

Ao mesmo tempo em que os presos davam início à rebelião, uma viatura da PM que estava em uma oficina no centro da cidade foi incendiada. Ainda não há a confirmação de que os fatos tenham algum tipo de relação.