Apucarana

Apucaranense é nomeado juiz substituto em Ivaiporã

Da Redação ·
Apucaranense Guilherme Aranda Castro dos Santos é nomeado juiz substituto em Ivaiporã Foto: www.tjpr.jus.br
fonte:
Apucaranense Guilherme Aranda Castro dos Santos é nomeado juiz substituto em Ivaiporã Foto: www.tjpr.jus.br

Mais dois juízes integram o quadro do Poder Judiciário Paranaense. Cynthia de Mendonça e Guilherme Aranda Castro dos Santos, de Apucarana, tomaram posse na tarde de terça-feira (1/07) na Sala de Atos da Presidência do Tribunal de Justiça (TJ) do Paraná.

Cynthia de Mendonça vai atuar na 54.ª Seção Judiciária de Andirá, no Norte Pioneiro do Estado, e o apucaranense Guilherme Aranda Castro dos Santos na 34ª Seção Judiciária de Ivaiporã, respectivamente.

Guilherme Aranda Castro dos Santos, que discursou também em nome da colega, disse que ambos passaram por momentos muito difíceis, onde se privaram da presença dos que amam em prol deste sonho, a magistratura. "A função é difícil, mas desejo que nós possamos fazer a diferença e melhorar a realidade das Comarcas onde iremos atuar, sempre contribuindo para magistratura paranaense".

O Presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, Desembargador Guilherme Luiz Gomes, agradeceu a presença de todos e saudou os empossados: "É com grande alegria que o nosso Tribunal de Justiça os acolhe como os novos integrantes da magistratura paranaense. Desejamos-lhes plena realização na vida profissional e também familiar". O Desembargador falou ainda sobre algumas qualidades que ele julga relevantes para um magistrado. "Além do bom senso, já citado aqui nessa solenidade, destaco a humildade e a serenidade como atributos essenciais para o bom desempenho do juiz nas suas lides", destacou.

continua após publicidade

PROMOTORIA - No início de abril deste ano Guilherme Aranda Castro dos Santos foi  empossado no Ministério Público do Paraná, após aprovação em concurso. Guilherme foi nomeado para assumir como promotor na comarca de  Porecatu. Ele já atuava como assessor técnico no Ministério Público em Apucarana. Mas depois passou em concurso para juiz e optou por assumir no Judiciário.