Apucarana

Apucarana firma termo prévio para 500 casas do Solo Sagrado

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Apucarana firma termo prévio para 500 casas do Solo Sagrado
fonte: Foto: Edson Denobi
Apucarana firma termo prévio para 500 casas do Solo Sagrado

Em reunião, no início da tarde desta quinta-feira (26), no gabinete do prefeito Beto Preto (PT), foi assinado o termo prévio do contrato destinado à construção de quinhentas casas do Residencial Solo Sagrado. As partes envolvidas são, além do Município, o Banco do Brasil – que é o agente financeiro -, a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e a Construtora Prestes (Ponta Grossa).

continua após publicidade

Conforme explica o prefeito Beto Preto, para este primeiro módulo do Residencial Solo Sagrado, situado na região do Clube de Campo Águal Azul, o Ministério das cidades autorizou quinhentas unidades do Programa Minha Casa Minha Vida, na faixa 1 (renda familiar de 0 a 3 salários). Na sequência virão outros módulos, inclusive para a faixa 2 do programa, contemplando famílias com renda de cinco salários mínimos.    

Neste primeiro momento, foi firmado o convênio que garante de aporte financeiro no valor de R$ 1,5 milhão de subvenção por parte da Cohapar. O Governo do Estado participará ainda com mais R$ 1 milhão, por meio da extensão de redes da Sanepar e Copel. Já o contrato definitivo para a implantação do Solo Sagrado, no valor de R$ 31 milhões, será firmado na próxima semana com o Banco do Brasil.     

continua após publicidade

Do ato participaram o gerente geral da agência do Banco do Brasil, José Roberto Ferraz Mendes e a gerente de relações de governo, Fernanda Gomes da Silva. A Cohapar esteve representada por Vladimir Roberto dos Santos, assessor da presidência; Ricardo Aparecido de Lima, gerente regional; e Jamil Hurihan Júnior (subgerente). Pela Construtora Prestes, os documentos foram firmados pelo diretor da empresa, Breno Prestes; Eduardo Consorte (gerente) e João Fernandes (Coordenador). Apucarana esteve representada pelo prefeito Beto Preto, vice-prefeito Junior da Femac, e o secretário de obras Herivelto Moreno.

A partir da assinatura do contrato com o agente financeiro, as unidades do Solo Sagrado começam a ser construídas num prazo de 60 dias, com prazo de 15 meses para a entrega. Na primeira etapa, a Construtora Prestes terá à disposição 252 mil metros, de uma área total de 521 metros quadros já reservada para o novo projeto habitacional.