Apucarana

Richa vistoria reconstrução do Cine Teatro Ouro Verde

Da Redação ·

O governador Beto Richa vistoriou nesta segunda-feira (16) as obras de reconstrução do Cine Teatro Ouro Verde, importante espaço cultural de Londrina e região, destruído por um incêndio, em 2012. A reconstrução está sendo feita com recursos do Governo Estadual, que investe R$ 12,6 milhões. As obras começaram em janeiro deste ano e estão sendo executadas dentro do cronograma, sem atrasos.“Estamos cumprindo o compromisso que assumimos com Londrina e região de reerguer o Ouro Verde, que é uma grande referência cultural do Norte do Paraná e patrimônio histórico do Estado”, disse Beto Richa. “Quando aconteceu o incêndio determinamos, de imediato, que o governo assumisse a reconstrução”, afirmou Richa.

continua após publicidade

Ele esteve em Londrina no dia seguinte ao do incêndio e garantiu que a cidade teria novamente o seu teatro funcionando o mais rápido possível.

INFRAESTRUTURA - O engenheiro José Pedro, da Regional Planejamento e Construções Civis, vencedora da licitação, explicou que todo o trabalho até agora é de infraestrutura, abrangendo fundação, remoção de concreto, remoção de peças danificadas, recomposição, reforço de estrutura de concreto armado. “Essa etapa deverá estar concluída nos próximos 50 dias. Daí iniciaremos a estrutura de cobertura e depois o trabalho de acabamento”, explicou. A previsão de entrega é para julho de 2015. 

continua após publicidade

Os recursos para a reconstrução são oriundos da Unidade Gestora do Fundo Paraná, ligada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. O projeto arquitetônico de reconstrução foi feito em parceria pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e o Sindicato das Indústrias de Construção Civil Norte.

“O Ouro Verde faz parte da história dos londrinenses, erguido em período em que a cidade e a região vivem intenso desenvolvimento”, disse a diretora de Obras da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Tânia Galão Pessoa. “A reconstrução atende a um grande anseio da comunidade. Todos temos forte ligação com esse Cine teatro”, afirmou. 

HISTÓRIA - Inaugurado em dezembro de 1952, com projeto arquitetônico de Vilanova Artigas, o Ouro Verde foi adquirido pela Universidade Estadual de Londrina em 1978. Em 1999 foi tombado pelo patrimônio histórico estadual. 

continua após publicidade

Agora o Cine Teatro vai ganhar estrutura moderna e arrojada, mas sem prejudicar a antiga arquitetura do teatro. Os projetos seguem rigorosamente as recomendações técnicas da Coordenação do Patrimônio Cultural e Histórico do Paraná, além das recomendações do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). 

O palco será maior que o original, em mais ou menos um metro. O número de cadeiras será reduzido de 853 para 790 para atender às normas vigentes com relação às cadeiras para obesos, espaço para deficientes físicos, escadas na lateral do palco, plataformas para garantir a circulação dos cadeirantes e elevador monta-cargas nos fundos do Teatro. 

Além das poltronas, do carpete, da madeira do palco e do forro, também haverá alterações no revestimento, que será trocado por materiais de melhor qualidade. Já o revestimento acústico e o setor de cenografia terão recursos de alta tecnologia.

continua após publicidade

O projeto ainda prevê dispositivos de segurança como alarmes de incêndio e a sinalização adequada no local. 

Os projetos das instalações elétricas, hidráulicas, iluminação, acústica, cenotécnica, de estrutura e arquitetura foram elaborados pelos profissionais do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Norte do Paraná (Sinduscon-Norte), com apoio de professores do Centro de Tecnologia e Urbanismo (CTU) e dos engenheiros e arquitetos da Prefeitura do Campus Universitário (PCU).