Apucarana

Aluno da APAE confessa assassinato de jovem em São João do Ivaí

Da Redação ·
Tainá Micheli Pazeli Oliveira, de 18 anos
fonte: Foto: Arquivo
Tainá Micheli Pazeli Oliveira, de 18 anos

O aluno da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) Anderson Pereira de Almeida confessou, em depoimento agora à tarde, ter estuprado e assassinado a também aluna da Apae Tainá Micheli Pazeli Oliveira, 18 anos, em São João do Ivaí. O corpo da jovem foi encontrado na manhã desta terça-feira (10), em uma represa, na região da Água da Jabuticaba, zona rural do município.

Anderson, de 18 anos, já estava detido desde o último sábado, quando populares contaram a polícia que ele teria sido visto caminhando com a jovem, na sexta-feira. Em depoimento, ele confessou que manteve relações sexuais com Tainá. Com a localização do corpo, Almeida acabou confessando o assassinato.  "Anderson disse que após estuprar a jovem, a matou com pedradas. Ele disse que temia que Tainá contasse o que havia acontecido. Depois jogou o corpo na represa”, afirma o delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP), José Aparecido Jacovós, responsável pela comarca de São João do Ivaí.

continua após publicidade

Tainá sumiu quando saiu de casa por volta das 14h de sexta (6), dizendo que iria à casa de amigos. Várias pessoas ligadas ao Conselho Tutelar juntamente com uma equipe dos Bombeiros estavam realizando buscas. Após algumas horas sem qualquer informação, denúncias levaram ao conhecimento das autoridades que a jovem, foi vista no dia do seu desaparecimento caminhando com Anderson, que estudava na mesma escola.