Apucarana

Começa revitalização dos ginásios do Ponta Grossa e Pirapó

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Começa revitalização dos ginásios do Ponta Grossa e Pirapó
fonte: Foto: PROFETA
Começa revitalização dos ginásios do Ponta Grossa e Pirapó

Dentro da política de fortalecimento do esporte amador na cidade, Apucarana deu início nesta segunda-feira (07/04) aos trabalhos de reforma nos ginásios de esportes do Jardim Ponta Grossa e do distrito do Pirapó. As duas obras serão executadas com recursos próprios do município, no valor total de R$ 72,4 mil.

Atendendo determinação do prefeito Beto Preto (PT), todos os passos das benfeitorias, que serão executadas pela Construtora Deka Ltda., serão fiscalizados pelo secretário da Juventude e interino da pasta do Esporte e Lazer, professor Paulo Aparecido Kisner (Paulão), que já percorreu os locais das obras passando orientações à empreiteira. “Dentro de 60 dias estas comunidades terão novamente estas praças esportivas em condições de uso, onde poderemos expandir os treinamentos e o número de modalidades esportivas ministradas”, pontua Paulão.

No ginásio Adildo Mecenas, do Ponta Grossa, mais conhecido como “cebolão”, a reforma vai abranger o teto, incluindo a cúpula, solucionando o problema de goteiras. Os banheiros também vão passar por melhorias, com a troca do azulejo e piso. “Na cúpula, as telhas translúcidas existentes serão retiradas e substituídas por telhas metálicas galvalume, de 0,43 mm, e telhas translúcidas no percentual de 70 % (metálicas) e 30 % (translúcidas)”, relata o secretário. Já no ginásio Gérson Chagas, do Pirapó, o “caveirão”, será feito um reforço estrutural do prédio. As rachaduras nas paredes levaram a interdição do local pelos Bombeiros. Ainda será construída uma segunda saída de emergência e reformados os banheiros e pisos cerâmicos.

Para o prefeito Beto Preto, as duas reformas condizem com o valor que ambos os bairros representam para cidade. “Queremos investir no esporte e isso deve começar pela estrutura física adequada. Em breve, teremos ainda o início da reforma do Complexo Esportivo Lagoão, que está na dependência apenas da liberação dos recursos pelo Ministério dos Esportes”, finaliza.

continua após publicidade