Apucarana

Funcionários da UTFPR de Apucarana aderem à greve

Da Redação ·
Em 2012, servidores da UTFPR de Apucarana entraram em greve (Tribuna do Norte)
Em 2012, servidores da UTFPR de Apucarana entraram em greve (Tribuna do Norte)

Os servidores da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), incluindo os dos campus de Apucarana, que trabalham nos departamentos administrativos da instituição, confirmaram hoje (21) que entraram em greve.

A deflagração ocorreu após Assembleia Geral Extraordinária da categoria realizada ontem no pátio da Reitoria da UFPR aprovou por ampla maioria a greve unificada por tempo indeterminado. Paralisaram as atividades técnico-administrativos da UFPR, HC, IFPR, Unila, UTFPR.

Estiveram presentes 298 trabalhadores na votação, o que para os líderes da mobilização representa um quórum representativo. "A precarização do trabalho dos servidores técnico-administrativos federais e o sucateamento do serviço público no Brasil têm ligação direta e proporcionalmente inversa com o gasto da máquina pública federal na Copa do Mundo, assim como nas suas relações promíscuas com os banqueiros e empresários", diz um trecho de texto postado no site do sinditest. 

A assembleia de deflagração de greve confirmou o desejo da categoria dos técnico-administrativos das universidades federais do Paraná em seguir na luta por melhorias de salário, de condições de trabalho dignas e de um atendimento de qualidade à população, sobretudo na saúde e na educação públicas. 

A assembleia também aprovou o Calendário de Mobilizações da Greve, definiu os membros do comando e elegeu os seis delegados que deverão representar a categoria no comando nacional de greve em Brasília.

continua após publicidade