Apucarana

Apucarana: PRF demora para atender acidente e gera reclamações

Da Redação ·
 Apucarana: PRF demora para atender acidente e gera reclamações - Foto: Delair Garcia, da Tribuna do Norte
fonte:
Apucarana: PRF demora para atender acidente e gera reclamações - Foto: Delair Garcia, da Tribuna do Norte

A demora no atendimento de um acidente ocorrido ontem de manhã, na Avenida Minhas Gerais, - trecho urbano da BR-376 - revoltou motoristas e pedestres, em Apucarana. De acordo com as vítimas, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) não enviou equipes ao local. Durante este tempo, populares se encarregaram de sinalizar a via para evitar outro acidente. Com base no Código de Trânsito Brasileiro, a PRF justificou que a situação não necessitava de atendimento no local, pois não havia vítimas.

​
PRF demora para atender acidente e gera reclamações - Foto: Delair Garcia/Tribuna do Norte

O acidente aconteceu por volta das 8h30, na altura da Concessionária Ciavena. Uma Honda Titan, placas de Apucarana, conduzida por Donizete Custódio, 39 anos bateu na traseira do Fiat Uno, de Arapongas, dirigido por Ilicéia de Souza, 25 anos. A motorista teria freado bruscamente para não atropelar um cachorro que cruzou a rodovia. Como ambos os veículos estavam em baixa velocidade, os danos foram apenas materiais.

O empresário Marcos Saran, 45 anos ajudou a sinalizar o local e informou as equipes responsáveis. Ele ficou revoltado pois a Polícia Militar não se prontificou a sinalizar a via. “Liguei na PM e disseram que era responsabilidade da PRF”, comenta.

“Nossa equipe estava atendendo outra ocorrência em Londrina, porém o Código de Trânsito determina que as pessoas removam o veículo do local quando não houver vítimas. É até infração de trânsito deixar o veículo atrapalhando o tráfego. Os condutores devem estudar Código de Trânsito Brasileiro”, informou o agente da PRF Lopes.  De acordo com o agente, as pessoas envolvidas no acidente foram até o posto da PRF e registraram a ocorrência.

continua após publicidade