Apucarana

Apucarana: Promotor encaminha recomendação para suspender votação de cidadania honorária a André Vargas

Da Redação ·
O promotor público eleitoral Eduardo Augusto Cabrini confirmou nesta terça-feira (25) que encaminhou recomendação administrativa à Câmara de Vereadores de Apucarana  (Foto: Delair Garcia/Tribuna do Norte)
fonte:
O promotor público eleitoral Eduardo Augusto Cabrini confirmou nesta terça-feira (25) que encaminhou recomendação administrativa à Câmara de Vereadores de Apucarana (Foto: Delair Garcia/Tribuna do Norte)
continua após publicidade

O promotor público eleitoral Eduardo Augusto Cabrini confirmou nesta terça-feira (25) que encaminhou recomendação administrativa à Câmara de Vereadores de Apucarana no sentido de suspender a votação do projeto que concede título de cidadão honorário ao deputado federal André Vargas (PT).

Conforme o promotor, a concessão da honraria ao deputado nesse momento pré-eleitoral poderia configurar propaganda eleitoral antecipada e favorecimento político do candidato, já que Vargas deverá concorrer ao Senado ou à reeleição na Câmara dos Deputados, onde o parlamentar ocupa hoje a vice-presidência. 

O projeto que concede a honraria a Vargas é de autoria do vereador Luiz Cordeiro Magalhães (PT). André Vargas tem boas relações com o prefeito de Apucarana, Beto Preto (PT), e hoje é o representante do Executivo Municipal em Brasília.

continua após publicidade

O promotor Eduardi Cabrini esclareceu, no entanto, que passado o período eleitotal, os vereadores poderão homologar  a homenagem ao deputado André Vargas normalmente. "A intenção do Ministério Público não é intereferir no trabalho da Câmara, e sim evitar que aconteça uma irregularidade". 




Leia mais na edição de quarta-feira (26) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná