Apucarana

Norte do Paraná se mobiliza para alterar ferrovia

Da Redação ·
Norte do Paraná se mobiliza para alterar ferrovia
fonte:
Norte do Paraná se mobiliza para alterar ferrovia

Projetada para promover a integração nacional e minimizar os custos do transporte, a Ferrovia Norte Sul, a EF 151, está levando lideranças do Norte do Paraná a se mobilizarem por um traçado que contemple a região e corte o estado ao “meio”.

Prefeitos e associações empresariais e do agronegócio querem que o modal passe pelos municípios de Apucarana, Guarapuava e Pato Branco no trecho que deverá ligar Panorama, no interior paulista, a Chapecó, em Santa Catarina. A proposta, segundo eles, segue o traçado original do trecho Sul da EF 151 e contraria o projeto que liga Panorama a Maracaju (MS) e entra no Paraná através de Guaíra e Cascavel.

A reivindicação foi pauta de uma reunião recente entre gestores municipais, em Londrina. Eles pretendem expor a senadores e deputados federais os prejuízos que a região poderá ter caso o novo traçado seja mantido.

A preocupação, explica o prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff (PSD), é com o risco de tornar o Norte do estado isolado em termos de porto e transporte ferroviário. “Isso vai nos deixar fora da possibilidade de nos interligarmos com a região Central e Norte do Brasil, de maneira eficiente”, diz.

O gestor assinala que os prefeitos querem que o traçado reivindicado seja considerado pelo governo como uma prioridade. 

continua após publicidade