Apucarana

Escritor inicia por Apucarana viagem para narrar histórias da Rodovia do Café

Da Redação ·
Escritor inicia por Apucarana viagem para narrar histórias da Rodovia do Café
fonte:
Escritor inicia por Apucarana viagem para narrar histórias da Rodovia do Café

O escritor paranaense Miguel Sanches Neto inicia nesta terça-feira (21), a partir das 8 horas, na rodoviária interestadual de Apucarana, sua viagem para coletar histórias junto aos personagens da Rodovia do Café (BR 376), trecho que liga o Norte do Paraná (Apucarana) aos Campos Gerais (Ponta Grossa) e à Capital Curitiba. 

Em seu projeto, Neto fará o trajeto de 358 quilômetros em uma semana, fazendo dezenas de paradas em uma van adaptada como escritório literário. Após a partida de Apucarana, a chegada será na Rodoviária de Curitiba, no dia 28 de janeiro – ainda sem horário definido.

O projeto “Residência Literária na Rodovia” é realizado com o patrocínio cultural da concessionária CCR RodoNorte, que cuida deste trecho, através da Lei Rouanet. 

Com novos olhares e em uma outra velocidade, Miguel Sanches Neto vai reviver o percurso que lhe levou da pequena Peabiru, no interior do Paraná, para Curitiba e depois Ponta Grossa, 30 anos atrás. O autor fará o trecho através da histórica Rodovia do Café – que hoje está bem diferente daqueles tempos.

A Rodovia do Café
O projeto de Miguel Sanches Neto tomará forma entre os dias 21 e 27 de janeiro. Ele vai passar por 358 quilômetros, de Apucarana a Curitiba, através de 13 cidades e inúmeras comunidades, personagens e histórias. Ao longo de todo este trajeto, o escritor contará com o apoio da concessionária de rodovias CCR RodoNorte, que cuida de todo este trecho. Após modernizada, a rodovia agora está sendo duplicada.

continua após publicidade