Apucarana

Hospitais da região terão R$ 35 milhões

Da Redação ·
Hospital da Providência, em Apucarana, deverá receber R$ 3,7 milhões para a UTI adulta | Foto: Sérgio Rodrigo
Hospital da Providência, em Apucarana, deverá receber R$ 3,7 milhões para a UTI adulta | Foto: Sérgio Rodrigo

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou ontem, em Brasília, a liberação de incentivos financeiros para fortalecer a atuação de Santas Casas e hospitais filantrópicos de todo o País. O Paraná receberá R$ 103.378.357,50. Na região, os hospitais terão aporte de R$ 35,3 milhões.

O Hospital João de Freitas, de Arapongas, receberá a maior fatia entre as instituições da região. Serão R$ 11,9 milhões para investimentos nas enfermarias e R$ 13,3 milhões para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulta, somando R$ 25,2 milhões. Ainda em Arapongas, para a Santa Casa serão R$ 3,6 milhões para enfermarias e R$ 1,7 milhão para UTI adulta.

Em Apucarana, o Hospital da Providência receberá R$ 3,7 milhões para a UTI adulta. Em Ivaiporã, o Hospital e Maternidade receberá R$ 527.702,40 para a UTI adulta e R$ 105.540,48 para a UTI pediátrica. Já o Hospital Bom Jesus receberá R$ 105.540,48 para UTI pediátrica.

continua após publicidade
confira também



O vice-presidente da Câmara dos Deputados, André Vargas (PT-PR), destaca que o governo federal tem se engajado em uma luta a favor da saúde no Brasil. “São medidas que reestruturam os hospitais filantrópicos e Santas Casas, abrem um espaço de discussão madura em relação às dívidas tributárias; e agora o reforço do ministro em relação às dívidas bancárias, são avanços que estão acontecendo”, comentou.

Além das verbas, haverá a concessão de uma moratória de quinze anos para dívidas tributárias e previdenciárias; a criação de uma linha de financiamento para dívidas bancárias; e ainda um maior incentivo financeiro em procedimentos complexos.

Os hospitais filantrópicos e Santas Casas terão incentivos financeiros que em alguns casos dobrará o atual caixa. Os hospitais chamados “portas de entrada”, ou seja, de atendimento de urgência, receberão um aporte de investimentos no valor de R$ 3 milhões entre outros incentivos. É o caso da Santa Casa de Londrina, do Hospital Evangélico de Londrina e Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná.

O mesmo aporte será entregue ao Hospital da Providência de Apucarana; Hospital Regional João de Freitas, de Arapongas; Santa Casa de Cornélio Procópio e Santa Casa de Misericórdia de Jacarezinho.

Os hospitais filantrópicos e Santas Casas de Caridade da região Norte do Paraná receberão incentivos financeiros do Governo Federal que atenderão num primeiro momento 97 municípios contemplando uma população de mais de 1,9 milhão de paranaenses.

AMBULÂNCIAS
O ministério também repassará verba para custeio anual para ambulâncias. Neste bloco de cidades contempladas da região entraram Apucarana, Arapongas, Faxinal, Jandaia do Sul, Ivaiporã, Manoel Ribas e São João do Ivaí.