Apucarana

Reviravolta: PM suspeita que rapaz fez falsa comunicação de crime

Da Redação ·
Foito: Delair Garcia, da tribuna do Norte
fonte:
Foito: Delair Garcia, da tribuna do Norte

O sargento Nunes, da Polícia Militar (PM), informou que Rogério Henrique de Paula, de 27 anos, é suspeito de consumar uma falsa comunicação de crime. O motivo ainda é apurado pela polícia. Inicialmente ele foi encontardo no final da manhã desta quinta-feira (3), com um veículo Ford Fiesta, abandonado na região do Parque da Raposa, em Apucarana.

continua após publicidade

Rogério relatou à PM que teria sido rendido e sequestrado na noite de quarta-feira (2), em semáforo na Avenida Aviação, próximo ao Sesi, por três homens armados com revólveres e encapuzados.  

O apucaranense relatou que os ladrões teriam obrigado ele a ir para o banco de traseira do carro e ficado rodando a noite inteira com o veículo, após colocar algumas caixas no porta-malas do automóvel. 

continua após publicidade

Durante o tempo em que foi mantido refém Rogério frisou que teria sido ameaçado pelos bandidos, que supostamente usaram o carro dele para a possivelmente consumar alguma outra ação criminosa.

confira também

Ele acrescentou que foi deixado amarrado dentro do Ford Fiesta na manhã desta quinta-feira e conseguiu se soltar a avisar a mãe, que acionou a Polícia Militar (PM). O rapaz contou à polícia que um VW Saveiro vermelho ou vinho foi buscar os três bandidos no Parque da Raposa.

"O Rogério entrou em várias contradições e horários de ligações feitas no celular que estava com ele evidenciam isso", explicou o sargento. 

Leia mais na edição de sexta-feira (4) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná