Apucarana

Presidente do TJ-PR deixa o cargo

Da Redação ·
Clayton Camargo anunciou renúncia após passar por angioplastia para desobstruir artérias (Foto: Divulgação/TJ-PR)
fonte:
Clayton Camargo anunciou renúncia após passar por angioplastia para desobstruir artérias (Foto: Divulgação/TJ-PR)

Pouco mais de uma semana após sofrer um infarto durante uma sessão do Tribunal de Justiça do Paraná, o desembargador Clayton Camargo, presidente do órgão, retornou às atividades na sexta-feira (20) e, para a surpresa de muitos, anunciou sua saída do cargo nesta segunda-feira (23) à tarde.

O desembargador Clayton Camargo deixou ao cargo de presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) durante sessão do Órgão Especial em Curitiba. Ele deveria continuar a frente do cargo até o final de 2014, mas aos 67 anos, ele entrou com pedido de aposentadoria.

A renúncia acontecem em meio a investigação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no TJ-PR sobre uma denúncia de tráfico de influência e venda de sentenças e que corre em segredo de justiça.

Camargo havia reassumido a presidência do TJ na última sexta-feira (20). Ele havia sido afastado em função de procedimento cirúrgico – angioplastia de desobstrução de artérias.

A eleição para o novo presidente do órgão deve acontecer nos próximos dias.

continua após publicidade


Leia mais na edição de terça-feira (24) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná