Apucarana

Em Apucarana e região, bancos e Correios continuam fechados

Da Redação ·
Em Apucarana e região, bancos continuam fechados - Foto: Sérgio Tibi
fonte:
Em Apucarana e região, bancos continuam fechados - Foto: Sérgio Tibi

As greves dos bancários e dos funcionários dos Correios, que começaram na semana passada, continuam nesta segunda-feira (23) em Apucarana e municípios da região. 

A paralisação dos bancários ocorre desde a última quinta-feira (19), quando a categoria fechou mais de 6.000 postos de atendimento e centros administrativos de bancos públicos e privados em 26 Estados brasileiros — cerca de ¼ do total.

Os bancários de instituições públicas e privadas entraram em greve após reivindicar um aumento salarial de 11,93% — o que corresponde a 5% de aumento real, descontada a inflação — e receber dos bancos proposta de reajuste de 6,1%. A decisão da greve ocorreu em assembleia realizada no último dia 12.
 

continua após publicidade
confira também



Para atender ao público durante o período de greve, os caixas de autoatendimento continuam funcionando. Mas em Apucarana, o sistema estava travado no setor de autoatendimento do Bradesco da Praça Rui Barbosa nesta segunda-feira pela manhã, em razão de uma suposta tentativa de furto.

Os clientes têm a alternativa usar o internet banking e o aplicativo do banco no celular (mobile banking).

Já os correspondentes bancários como casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados estarão abertos para as transações financeiras.

Correios - Já a greve dos funcionários dos Correios começou na quarta-feira (18) e segue sem prazo para terminar. Em Apucarana, a agência central, situada no cruzamento da Rua Ponta Grossa com a Rua Osório Ribas de Paula, foi fechada por sindicalistas nesta segunda-feira (23).

Leia mais na edição de terça-feira (24) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná